Subscribe

Quanto dinheiro você mantém na sua conta corrente?

É lei. Desde 2008, todo cidadão brasileiro tem o direito de possuir uma conta corrente livre de taxas  e com serviços mínimos essenciais.
A conta corrente (ou conta de depósito a vista) é uma conta feita para quem precisa movimentar e acessar seu dinheiro com frequência. Isto a torna ideal para pagar contas, efetuar saques em espécie, pagar boletos, efetuar TEDs e DOCs, entre outros.


Já a conta poupança não é feita para movimentações frequentes já que pelas regras do Banco central, ela só permite no máximo dois saques por mês sem pagamento de tarifa, acima disso você pagará uma taxa por cada saque extra que realizar - Exatamente para não incentivar o uso frequente da mesma.

Agora, uma pergunta que devemos nos fazer é quanto dinheiro manter na conta corrente. Mantenha muito e você estará perdendo de ganhar juros; mantenha pouco e você corre o risco de entrar no cheque especial*.

Sabemos que nela nosso dinheiro não tem rendimento nenhum, diferentemente da poupança. 
Não é nela que vamos deixar nossa reserva de emergência nem nossas economias. Nela vamos deixar apenas o dinheiro para gastos mensais, saques, e movimentações previstas.

Pessoalmente, deixo apenas 1 mês de gastos na conta corrente para cobrir despesas e pagar contas. 
Existem pessoas que deixam 2 meses, 6 meses, alguns deixam R$ 10,000 sempre, o que parece demais visto que estará tendo rendimentos zero deste dinheiro. Algumas pessoas ainda mantém um valor realmente muito baixo já no intuito de evitar gastar desnecessariamente por terem este dinheiro na conta.

-ConheçaConta corrente NuBank que rende 100% CDI

Queremos saber de você, quanto dinheiro mantém em média na sua conta corrente? Vote e comente abaixo.



*Cheque especial é o nome dado, no sistema financeiro brasileiro, ao crédito automático que o banco possibilita ao cliente caso ele necessite efetuar pagamentos ou transferências em sua conta, e não há saldo disponível (Wikipedia)





Isenção de responsabilidade: Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos profissionais de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. AA40 não é responsável pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro. Não copie nosso conteúdo sem citar a fonte e pedir autorização.

8 comentários:

  1. Olá AA40,

    A minha conta corrente está vinculada com a poupança. Assim deixo 2 meses na poupança e conforme vou pagando as contas, vai debitando dela. Dessa forma meu saldo em conta corrente é zero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal II, mas cada vez que faz resgate da poupança vc nao ganha os juros daquele montante pq ela paga só no "mesversário". Não estaria assim deixando de ganhar juros? E a partir do segundo resgate automatico você nao paga tarifa?

      Excluir
    2. Eu tenho que tomar cuidado para não debitar nada antes do mesversário, se não perco como você já disse.

      E eu não pago tarifa não por usar a Digiconta do Bradesco.

      Excluir
    3. Boa estratégia II. Conta digital é realmente uma boa opção nestes casos.

      Excluir
  2. Fala AA40!
    Minha regra é simples: caiu o salário, transfiro 30% pra corretora para fazer investimentos, o restante já é basicamente o que gasto no mês, que deixo na conta corrente.
    Na última semana do mês dou uma avaliada: se sobrou um pouquinho, mando pra corretora. se tá apertado, seguro as pontas ou uso o cartão de crédito pra virar o mês sem estourar o orçamento.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples e efetivo LQST. Gostei da estratégia pois mantém o mínimo utilizável na conta corrente.
      Quanto mais simples melhor !

      Excluir
  3. Olá AA40

    Eu gosto de deixar o que gasto no mês, ocorre que vai chegando perto do final do mês o valor vai esgotando e algumas vezes tenho que cobrir o saldo pra não ficar negativo, mas já teve vez de esquecer e o negócio virar o mês no negativo, paguei um juro, mas foi pouco, até porque no final do mês já tá com tudo pago, é só mesmo um McDonalds extra ou uma Coca a +

    Eu prefiro fazer assim pois em qualquer parte do mês eu olho pro meu saldo na conta e já sei se gastei muito ou pouco.

    ps. Te adicionei lá na minha lista de blogs.

    ResponderExcluir
  4. Meu saldo quase sempre é 0. No começo do mês transfiro da poupança, que é meu fluxo de caixa, para a corrente o valor equivalente ao meu salário mensal. Até o dia 10 pago todas as contas em débito automático e o cartão de crédito. Do dia 10 até o fim do mês é saldo zero. Meus gastos são todos no cartão de crédito.

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog ou autores do AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.