Subscribe

O lado bom de poupar 50% do salário

Poupar 50% ou mais do salário não é fácil. Nada fácil. Requer muito sacrifício, renúncias e força de vontade constante. Mas existem algumas coisas boas, ao menos psicologicamente:

Você já parou para pensar que se poupar 50% do salário no mês, você poderia viver o mês seguinte sem trabalhar?

Enquanto isso é verdade hoje, daqui a uma década este dinheiro poupado terá mais que dobrado de valor, ou seja, cada meio salário poupado hoje me proporcionará um mês de despesas hoje mas quase dois meses de despesas pagas daqui a uma década. Quase por que tem a inflação nessa história.

Tempo para dobrar o capital

Pela regra dos 72 podemos estimar em quanto tempo nosso capital dobrará de tamanho. Basta dividir 72 pelo retorno anual esperado dos seus investimentos: Espera conseguir 8% a.a.? 72/8=9 anos.

Calcule abaixo:
-Digite a Taxa de Juros anual esperada:  % aa
-Tempo para dobrar capital: {{ 72/ juros }} anos

Podemos pensar no Tesouro Prefixado neste caso. Caso não me importe com a inflação e só queira dobrar o capital, o TD Pré é uma ótima ferramenta para fazer isto.

Primeiro passo para poupar 50% do salário

Foque nos três principais e maiores vilões do seu orçamento: Habitação, Transporte e Alimentação. Utilize aplicativos de orçamento para rastrear cada gasto e faça uma revisão detalhada no final do mês, ajustando e cortando onde possível. Caracterize o que é necessidade e o que é supérfluo.
Por exemplo, imagine que consiga cortar R$ 1,000 por mês em aluguel mudando para um local mais barato. São 12 mil reais ao ano poupados. Você conseguiria poupar tudo isso se focasse nos pequenos custos como um café ou um ingresso ou dois de cinema por mês? Foque nos grandes gastos inicialmente. Depois parta para os menores.

Automatize

Para evitar a tentação de ter dinheiro em conta e gastar é importante automatizar as transferências e investimentos automáticos de seu dinheiro no momento do recebimento.
Configure uma transferência automática da sua conta bancária onde recebe o salário para sua corretora. Na corretora, automatize as compras de ativos de acordo com sua alocação de ativos pré-determinada.

E vocês caros leitores, conseguem poupar perto de 50%? Quanto consegue poupar e quanto tempo para dobrar seu capital? Deixe escrito abaixo:



71 comentários:

  1. Eu estou bem radical para poupar. Recebo uma gratificação temporária que deve durar até setembro deste ano. Aporto agressivamente 65% do meu salário (a gratificação toda vai nos aportes). Sou solteiro, sem filhos e morando por enquanto com pais. Desses 65%, 50% estou colocando em FII para ter fluxo de caixa mensal. Comparando março/2017 com março/2018, tive um aumento da renda passiva de FII em mais de 250%. Só vou diminuir um pouco esses aportes quando eu estiver recebendo(aluguel de fii ou outros dividendos) um valor que pague minhas contas. Enquanto isso, aportar agressivamente durante 5 anos. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 65% realmente é um aporte bem alto, mas como ainda é solteiro e sem filhos e sem custo com aluguel é possível sim. Parabéns e sucesso!

      Excluir
    2. Interessante a sua estratégia, Gari!

      Excluir
  2. Estou em 45%...!
    Abraços, Beatriz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada mal hein Beatriz. Quanto tempo para dobrar seu capital? Calculaste ai acima?

      Excluir
  3. São 5 meses que estou investindo 50% ou mais do meu salário. Hoje se parasse de trabalhar conseguiria viver 1 ano e 2 meses com esta grana. Fui promovido recentemente, e o dinheiro extra será 100% investido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom anon. 50% é minha meta também, mas casado com filho e pagando aluguel não é fácil. Muito sacrificio

      Excluir
  4. Excelente post AA40! Atualmente consigo investir 25% do salário, mas a cada mês esse valor tende a aumentar, graças ao controle dos gastos. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu MIBR, 25% não é ruim não. Muito mais do que a maioria absoluta da população, mas quanto mais aumentar mais rapido conseguirá a sua IF

      Excluir
  5. Infelizmente hoje, não consigo mais poupar 50%. Hoje a taxa varia de 20 a 40%. Na média devo estar em 30~35 rsrs

    No meu caso, a habitação contribui bastante para isso. Mas aqui onde moro para baixar esse custo eu precisaria escolher bairros bem distantes. E isso impactaria no transporte :(

    E por falar em transporte, ele é o que vem me dando dor de cabeça. Esse mês foi quase 3k em manutenção. Desanima rs Estou estudando alternativas viu, não dá para manter orçamento legal com esse monstro chamado carro rsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é II. Equilibrar habitação x Transporte é um desafio constante. Carro é um devorador de orçamentos infelizmente.
      Mesmo assim a sua taxa de poupança não está nada mal. Sucesso, abcs

      Excluir
    2. Compra um corolla velho. O meu tem 13 anos. Unico dono. Só troco óleo e pastilha de freio há alguns anos.

      Excluir
    3. Corolla e toyota em geral são imbatíveis como já postamos aqui.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Oh loco. Conte-nos o segredo !

      Excluir
    2. ganhar bem e ser bem frugal!

      Excluir
    3. Caramba. Parabéns. Já viu esta tabela? http://www.aposenteaos40.org/p/ficar-rico.html
      Em 4 anos será FIRE ! Parabéns!

      Excluir
    4. Considero essa TSR de 4% otimista demais.Eu trabalho com uma TSR menor. Invisto pouco no tesouro IPCA e confio pouco no Brasil pra colocar tudo em títulos do governo.

      Excluir
    5. Rapaz a maioria acha 4% muito pouco. Cada pessoa pensa diferente então use a TSR que mais lhe deixar confortável. Eu planejo usar 4% nos 10 primeiros anos FIRE depois 5%

      Excluir
    6. Pergunta e o que é TSR e o que significa FIRE?

      Excluir
    7. Anon. Dá uma lida nos nossos posts. Tem muito sobre isto mas em resumo a tsr é quanto vc pode sacar por mes de suas economias investidas de forma sustentável, cerca de 0.33%. FIRE é o termo inglês para independência financeira e aposentadoria antecipada. Abcs

      Excluir
  7. Meu custo de vida não passa de 40% do salário, aporto +ou- 40%. O restante eu destino para ajudar minha família.

    Pretendo manter esse padrão pelo menos por mais uns 5 anos, após acumular um valor considerável já vou diminuindo o ritmo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. aqui poupo entre 10 e 20%, mas considerando que minha esposa está desempregada no momento, é um valor até bom.
    sobre a parte da automação, gosto de usar o Bastter System por causa disso: tira a emoção da jogada, e você foca apenas em comprar o que ele orienta.

    sobre a enquete, legal descobrir que já consigo ficar um ano sem trabalhar, se acontecer alguma coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas. Minha esposa não trabalha pq temos filho pequeno e é uma luta para poupar perto de 50%. Sei bem o que você passa.
      Vou pesquisar sobre o Bastter System. Valeu por recomendar.
      Sempre é bom saber que temos uma margem de manobra caso algo dê errado. 1 ano é um bom tempo.

      Excluir
  9. Casal sem filhos: aporte 50%.
    Toda promoção ou aumento foi revertida exclusivamente para o aporte. IstoÉ, sem aumento de padrão de vida.
    Corte de coisas que não usávamos ou pouco, tipo TV por assinatura, revistas, planos de telefone e celular.
    Revisao na mentalidade de consumo, consumo consciente, qualidade em detrimento a quantidade, experiências no lugar de posse.
    Evitar desperdícios em alimentos. Aqui reduzimos 20% o mercado, só evitando o desperdício.
    Essas atitudes contribuíram muito parar chegarmos nessa meta. Precisamos fazer um bom controle orçamentário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito. Um exemplo irretocável ! Parabéns!

      Excluir
  10. Ultimamente consigo investir entre 30 e 40% do que ganho. O valor varia pq meu salário tb varia mês a mês. Mas pretendo reduzir cada vez mais meus gastos. Muito boa essa página!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom percentual. Agradeço o comentário e por gostar desta página. Grande abraço e volte sempre !

      Excluir
  11. Gostei do post AA40!

    Hoje aporto de 50 a 60% do meu salário. Conseguiria chegar a 70% se não pagasse um aluguelzinho (tive que mudar de cidade para trabalhar). É como você disse, não é nada fácil mesmo! Eu por exemplo ando com uma moto pra cima e pra baixo. rsrs

    Tmj, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Anon. Um percentual muito bom para quem paga aluguel. Parabéns e siga em frente.
      Tamo junto

      Excluir
  12. Comecei com 90% (morava com os pais e aproveitava a vida pra car@$#) depois 18 anos de poupança ,guardo 50%,(mulher que trabalha e 2 filhos pequenos)Meu patrimônio líquido é de 340x meu salário e 680X meu gasto mensal..Qual é realmente minha margem de segurança?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 680x? Vc já é IF. Geralmente buscamos 300x o gasto mensal. Trabalha ainda?

      Excluir
    2. Trabalho , não gosto de ficar 'a toa.Dá coceira,rsss.Minha mulher trabalha e meus filhos estudam , vou fazer o que , virar dona de casa não dá né?
      Os amigos trabalham, então até pra arranjar companheiro para esportes ou simples vagabundagem é difícil, nos horários não convencionais.
      Vou melhorando o que dé daqui pra frente , mas sinceramente nem penso nisso.Acho bom saber que tenho certa seguarança para mim e minha família e o resto e viver com bom senso, acredito.
      Meus pais tem um patrimônio que supera os 12M e somos 3 filhos,. Eles ainda trabalham pra caramba e não sabem ficar sem produzir ou como dizem "se sentir útil".
      Eu sou menos assim do que eles mas , me sinto desconfortável em parar e ver meus filhos terem que lutar sem meu exemplo etc... Grande abraço e obrigado pelo espaço

      Excluir
    3. Entendi. Tem pessoas que realmente precisam trabalhar para se sentir úteis. Muitos outros planejam coisas mais legais como viagens, vida nômade, trabalhos voluntários, dedicar a um esporte, em lugares diferentes e muitas outras coisas como listamos no final da página comece aqui. abcs e volte sempre

      Excluir
    4. Isso é interessante e depende do ponto de vista.
      Trabalho voluntário-- sou P liberal da área de saúde,frequentemente termino tratamentos sem acabarem de me pagar, então de certo modo tbm pratico.
      Esportes-- Academia 3x por semana e 2 esportes coletivos (1 3x/semana e outro 1 x por semana)
      Viajar--- Só não conheço a Ásia ainda,e sempre tenho saudades de casa após 15/20 dias .
      E olha que meu pai teve que ser ajudante de feirante e engraxate na infância, e se aposentou como diretor de uma empresa forte. Hj eles tem um comêrcio com quase 70 anos.Minha mãe tbm foi muito pobre e casaram-se cedo 45 anos atrás. Eu tenho 41.
      Meus irmão não se ligam muito em investimentos, são frugais , mas não se ligam.
      Mas talvez eu tbm não fosse ,funcionários públicos do judiciário bem remurerados e garantidos...então é gastar com parcimônia.
      Sei lá . Só contando a nossa história mesmo.Acho que já falei demais.abraços a todos

      Excluir
    5. Não se preocupe Anon. Muito obrigado por compartilhar suas ideias. É sempre bom ler novas perspectivas e pelo visto vc tem muita experiência. Compartilhe sempre. abcs

      Excluir
  13. Interessante discussão,, AA40! Esse percentual variou muito nos meus 10 anos de acúmulo de salário. Nós temos que aproveitar as oportunidades. A média acredito que ficou em 40-50%, mas teve uma época, em que a empresa me mandou para um ano de mestrado na Alemanha, onde além do salário ela me pagava mais de 1500 euros, se não me engano, para viver lá. Dava e sobrava! Ou seja, como eu não tinha gastos no Brasil além de uma pensão, eu cheguei a poupar 100% de um salário bem razoável por um ano rsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que luxo conseguir poupar 100% por um ano. Isso deve ter dado um impulso significativo no seu net worth . Abcs

      Excluir
  14. Eu planilho minha taxa de poupança desde 2015, acredito que seja uma das variáveis mais importante pra alcançar a FIRE. Casal sem filhos, sem carro, sem restaurantes gourmet, sem roupas de marca e futilidades. Gastamos bem só com viagens que é prioridade na nossa vida:

    2015 79%
    2016 68%
    2017 76%
    2018 81%

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, excelente. Imagino que deve ser muita renuncia de consumo mesmo. Eu com 50% em média c/ unico salário sinto isso todo dia. Sucesso e força ai

      Excluir
    2. Sim, mas essa taxa de poupança compreende o percentual de poupança considerando todas as nossas rendas. Além dos trabalhos "normais", minha esposa escreve pra blogs na internet e eu tenho um pequeno negocio online. Outra dica importante é tentar encontrar rendas complementares pra acelerar a meta de alcançar a FIRE.

      Excluir
    3. ah entendi. Mesmo assim mto bom.
      Também estou tentando renda complementar mas não é facil. Meu trabalho atual me toma 13 horas por dia e este blog apesar do bom tráfego me dá apenas alguns centavos por dia.

      Excluir
    4. AA40,

      Acho que empatamos em relação aos centavos diários...

      Abraços,

      Excluir
    5. Pois é Simplicidade, difícil essa vida de blogueiro. Como será que os blogs americanos chegam a tirar 50 mil dólares por ano ou mais...será que é audiência e anúncios que pagam muito mais lá?

      Excluir
  15. Minha taxa de poupança está perto dos 85% graças à acomodação paga pela empresa, “vale” refeição, “vale” transporte e plano de saúde. Praticamente só gasto c alimentação (q por aqui é caro) e entretenimento. Se não fosse pela namorada acho q nesse último ano apertaria ainda mais o cinto e pouparia mais, bem esquema Mister Money Mustache...rs


    Sr. IF365

    Blog IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    https://srif365.wixsite.com/if365

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 85% é surreal. Muito bom. Não precisar apertar o cinto não IF, é bom manter o equilíbrio e no seu caso vai mudar quase nada poupar 3 ou 5% a mais. abcs

      Excluir
  16. Muito legal a ideia, parabéns!
    Espero poder fazer isso em uns 10 anos heheehhe

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Hoje eu guardo todo o meu salário. Ajustei as contas casa para se encaixarem no salário da esposa, rs.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom. No meu caso só vivemos com o meu salario, ja que temos um filho pequeno e creche sai mto caro. Quem sabe em breve ela volte a trabalhar. Se conseguisse poupar 100% do meu salario aceleraria muito a minha IF. Mas faz parte...devagar e sempre. abcs

      Excluir
    2. AA40, abrimos mão de uma renda também por ter criança pequena em casa. Há o aspecto financeiro de o cuidado terceirizado ser muito custoso. Mas como nem tudo na vida pode ser mensurado em termos financeiros, a qualidade de vida que nossa família obtém desta forma é incomparável. Adiamos um pouco a nossa FIRE, mas sabemos que a atenção diferenciada que nossa filha tem terá um impacto de longo prazo incalculável. Em uma jornada de cerca de 20 anos em busca da FIRE, é preciso cuidar da qualidade de vida. E ai cada um deve definir o que é importante para si. Em nosso caso, é o cuidado da nossa família. Chegaremos mais devagar a reta final, mas chegaremos juntos e felizes!

      Excluir
    3. Espero que não seja esse o seu caso ABM, mas cuidado em colocar muito foco no futuro da sua filha. Ela pode morrer amanhã e todo esse sacrifício será em vão. Cuide do futuro dela sim, mas nunca dedique mais que 10% da sua renda nisso, o impacto do risco no Brasil sim é imensurável pela segurança pública precária.

      Excluir
  18. AA40,

    Em uma sociedade com tanto apelo ao consumo, focar no que é realmente essencial é um grande passo para o hábito da poupança.
    Algo que sempre me pergunto é se realmente preciso de algo. E isso tem feito toda a diferença nas compras supérfluas, mas de vez em quando com algumas pequenas exceções. rsrsrs

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Pratico a mesma coisa e as vezes até algo necessário tento adiar ao maximo a compra. Só viagens que realmente não abro mão mas tento ser frugal ao maximo e pesquisar tudo com mta antecedencia.

      abcs

      Excluir
  19. Pessoal, gostaria que alguém analisasse a minha situação atual. Acredito que meu foco atual deveria ser aumentar minha renda, porém algumas pessoas questionam que além disso eu poderia estar poupando mais.

    Tenho 27 anos, minha namorada está terminando a faculdade e só pretendemos nos casar após isso, não queremos ter filhos, cada um mora com seus pais e vou estudar Sistemas de Informação no 2º semestre deste ano numa universidade pública (curso de 5 anos). Moro a 10 min do meu trabalho, por isso não tenho carro.

    Ganho cerca de R$2.320,00 (líquido) + R$1.300,00 de VA + cerca de R$7.000 de PLR ao ano. Dou o VA para os meus pais (para compensar a minha parte nas despesas da casa e ajudá-los), separo R$877,68 para as minhas despesas e aporto todo o restante, incluindo 13º, Horas Extras e qualquer outro ganho extra que venha a conseguir com a venda de algo. No final das contas, consigo aportar cerca de 50% da minha renda anual, o que dá cerca de 26~30k.

    Com esses R$877 eu faço praticamente tudo, saio aos fins de semana com os amigos, compro os remédios do cachorro, pago a academia, as vezes me aperto para algo inesperado como comprar um celular novo pois o anterior teve uma morte súbita, mas enfim... O que vocês acham? Onde eu poderia estar melhorando? (OBS.: Estou ciente dos riscos e sou responsável pelas informações aqui expostas)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, se me permite sugerir, gostaria de fazer um estudo de caso. Voce ja enviou muita informação e com alguns detalhes a mais já conseguimos. Confira como enviar seu estudo de caso no link abaixo:
      http://www.aposenteaos40.org/p/ficar-rico.html#caso

      Excluir
  20. Olá, AA40. Conhecendo o seu blog. Bom conteúdo!! Parabéns...
    Sobre a poupança, após um ano de consciência em relação às finanças, cheguei aos 50%. Em alguns meses, consigo até 60%. Porém, sem pagar aluguel e juntando com o salário da minha esposa (de professores). Mas como você escreveu antes: "devagar e sempre"! Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Professor. Seja bem vindo ao AA40. Já é uma excelente taxa de poupança. Estamos juntos. abcs

      Excluir
  21. AA40,

    Ficou um pouco vago o post. Poderia ter desenvolvido mais o assunto.

    Se você aporta 50% e gasta 50% e vive bem então você não precisa de 100% pra viver e sim 50%, ou seja, você tem 100% de dos seus gastos sobrando.

    Agora se você tá fazendo um esforço gigante para aportar 50% privando-se de viver, de comer bem, de viajar ou se divertir de outra maneira, não vai adiantar muito porque fica difícil sustentar essa situação por muito tempo.

    O ideal é saber o quanto precisa realmente pra viver e isto vai variar de acordo com o estilo de vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela crítica bpm.o sacrifício é para não gastar a toa em produtos e serviços que não precisamos. Foi neste sentido que disse que não é fácil.

      Excluir
    2. Eu busco alcançar um equilíbrio. Acho importante focarmos em NóS. No que realmente nos faz feliz. Muita coisa fazemos por seguir a manada. Casa grande, automóvel ostentação, viagens só para ostentar nas redes sociais etc. As pessoas acreditam que tudo isso é necessário e que sem isso não há felicidade.
      Camaro e panicat é um Stilo de.vida vazio.
      O que é necessário para vocev?

      Excluir
    3. Sem dúvidas anon. Equilíbrio é fundamental e ostentação não é sustentável e nunca será.

      Excluir
  22. Eu já consegui manter a taxa de poupança em 90% e quase surtei. É inviável no longo prazo!

    Para conseguir uma taxa de poupança alta obrigatoriamente não pode ter carro, não pode comer fora (levava marmita pro serviço que minha mãe fazia) e é necessário parasitar os pais, pois aluguel, condomínio e alimentação consome muito do orçamento. (não dar um mísero real pra ajudar em casa).

    Praticamente não se pode viver e o pior parasitar os coitados dos pais sem pagar uma mísera conta de luz!

    Hoje obviamente não tenho mais essa mentalidade, quando sofri um acidente de moto vi minha vida passando toda pela minha cabeça e me perguntei se era realmente aquilo que eu queria. Acumular sem aproveitar nada e sem ajudar os outros (próprios pais).

    Comecei com a meta de guardar 50% e gastar os outros 50% obrigatoriamente mas é muito difícil quando se quer um padrão de vida confortável.

    Entretanto acredito que uma média que estou agora de 30-40% seja boa.

    Hoje moro sozinho, ajudo meus pais, troquei a moto pelo carro, viajo e curto a vida sem ostentar mas sem me privar. Cozinho quase todos os dias, mas pelo menos umas 2 vezes por semana como fora.

    É importante não ter vícios, pois bebida e putas começaram a tomar 50% do meu orçamento quando despiroquei, mas consegui controlar esse vício à tempo para ele ocupar apenas uma parte pré-estabelecida do orçamento, como uma parcela do meu plano de saúde mental, como gosto de chamar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante sua história. Definitivamente precisamos adotar uma porcentagem adequada e sustentável.abcs

      Excluir
  23. Economize quando puder... Tenha equilíbrio sempre. Pensando assim economizei 15 anos 40% do que ganhei. NaNsou FIRE, mas hoje com 54anos pude me dar ao luxo de trabalhar menos. Meu VPL com tx de 1% acima do IPCA me permite até os 84anos viver confortavec pelas contas atuais. Não sou aposentado ainda, mas com o tempo virá. Frugalidade minha meta. Porém consumo bastante ainda pois tenho 1 filho pequeno que ocupa bem esse tempo ganho com as economias. Hj trabalho para minhas contas ainda não precisando da reserva, enquanto isso ela cresce e deve dar bons frutos. Considero terminado a acumulação, agora deixar render...apesar de ser mais importante aportar do que render, pelo que leio. Esse periperde reducredo trabalho tem sido estranho, mas gratificante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal sua historia anon. Se dar ao luxo de trabalhar menos e viver mais já é quase FIRE. Nao deixe de compartilhar sua historia conosco. abcs

      Excluir
  24. Tenho 34 anos e sou solteiro. Desde que eu quitei meu apartamento (início do ano passado) tenho poupado 50% do meu salário mais 100% dos extras (férias, 13º, horas extras...). Pretendo parar de comer fora e subir para 60%, mas tá difícil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sun. Bem vindo. 50% já é uma excelente taxa de poupança. As vezes subir para 60% demandará muito sacrificio e pode te deixar psciologicamente abalado. Busque um equilibrio sempre...algo que seja sustentável e se tá difícil não é sustentável. Abcs e boa jornada

      Excluir
    2. Mas tá difícil porque eu sou pouco organizado e ainda faço todas as minhas refeições fora de casa, algo que pretendo mudar em breve.

      Eu tinha colocado 50% como meta porque parto do princípio que o meu salário deveria bastar para sustentar duas pessoas com apenas uma delas trabalhando. Se não consigo isso é porque estou esbanjando dinheiro.

      Excluir
    3. Entendi. Bom então boa empreitada na luta pelos 60%.abcs

      Excluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.