Subscribe

O que o aumento dos juros americanos significa para a sua busca FIRE ?

O Banco Central Americano (FED) aumentou a taxa básica de juros (equivalente a nossa Selic) para 2%a.a.
A primeira vista, isso não representa muita coisa, mas isso na verdade tem um impacto grande na vida e principalmente nos investimentos de todos nós.

O fluxo de dinheiro no mundo se altera muito

Os títulos do "tesouro direto" americano são considerados os investimentos mais seguros do mundo, tanto por que o dólar é a moeda mais aceita do mundo quanto por que o governo americano detêm a impressora da moeda.
Podemos comparar os títulos americanos com os brasileiros. Existe uma barreira psicológica que torna o investimento nestes títulos de renda fixa atrativo. No caso do Brasil quando a o TD IPCA+ longo ultrapassa 6%a.a. real ficamos interessados, certo? Pois nos EUA o caso é parecido. Quando o rendimento dos T-Bills (Título de 10 anos do tesouro) ultrapassa de 3%a.a. é que muita gente e grandes bancos começam rebalancear suas carteiras e tirar dinheiro da bolsa e passar para renda fixa. Não só americanos fazem isto mas muita gente e fundos do mundo todo que estavam em busca de rendimentos maiores em mercados emergentes com maior risco começam a tirar dinheiro dos mesmos por que sabem que se os juros aumentam nos EUA, isto gera um efeito cascata onde as moedas fracas caem muito (demanda diminui) e as bolsas sofrem com a saída de capital, inclusive bolsas de países desenvolvidos. Em contrapartida, com todo mundo querendo comprar dólar (só com dólar você pode comprar renda fixa americana) a demanda pelo mesmo aumenta e sua cotação contra os pares no mundo todo dispara (soa familiar com o que está acontecendo no Brasil?).

Abaixo vemos um gráfico da "Selic americana" e da bolsa (S&P 500). Reparem que toda vez que os juros aumentaram, algum tempo depois (de 1 a 2 anos) a bolsa sofreu fortes correções. Isto gerou crises e o FED se viu praticamente obrigado a baixar os juros rapidamente, o que novamente inverte o fluxo de dinheiro da renda fixa para a renda variável. Este ciclo se repete sempre, com menor ou maior intensidade - Podemos ganhar muito dinheiro observando isto.


source: tradingeconomics.com

Observe a parte final do gráfico acima. O FED subiu os juros novamente e a bolsa americana está balançando mas ainda não caiu forte. Como vemos no passado, isto demora algum tempo para ocorrer. O FED está a aumentar lentamente os juros desta vez então pode demorar mais, mas o efeito será o mesmo.

O nosso Ibovespa já caiu forte, pois aliado a isto, o cenário doméstico também é bem negativo. Se o Banco Central Brasileiro não aumentar os juros em breve vai ser ainda pior, já que o prêmio pago (juros) para o investidor de renda fixa tomar o risco Brasil está muito baixo comparado com os 14%aa que tínhamos a pouco tempo. Qual investidor em sã consciência vai investir para obter meros 6,5%a.a. brutos em Real se consegue 3%aa nos EUA com a maior segurança do mundo na moeda mais forte do mundo e sem risco cambial? Resultado - Fuga de Capital!

A resposta para a pergunta Por que o bull market nos EUA está durando tanto tempo fica clara no gráfico. Nunca o FED manteve os juros tão baixos por tanto tempo e aliado a isto ainda uma compra massiva de títulos (vide QE abaixo). Já falamos disso no artigo Por que os Juros Mandam na renda variável.

Os Quantitative Easings

Outra coisa que promete balançar os mercados é a venda dos títulos adquiridos pelos bancos centrais americano e europeu durante os chamados Quantitative Easings. Os QEs nada mais foram do que a injeção de dinheiro novo pelos bancos centrais e a compra de títulos no mercado financeiro e de capitais garantindo assim liquidez nos tempos de crise.
Os EUA pararam com os QEs em 2014 e o Banco Central Europeu está parando agora. O problema nem é tanto parar de estimular artificialmente e economia, mas agora estes BCs possuem em seu balanço um grande excesso títulos comprados e que parte disso precisam ser vendidos para manter a liquidez do governo. 
O FED estima ter $4.5 trilhões destes títulos e pretende reduzir para 2.5 trilhões. Nunca na história houve uma venda de títulos em tamanha escala e isto, dependendo da velocidade, isto poderá afundar os mercados com excesso de oferta e falta de liquidez. O FED já vem fazendo isto mas aos poucos. Somente em Outubro de 2018 ele pretende alcançar $50 bilhões MENSAIS em venda e ai veremos o impacto disso no mercado acionário e de renda fixa americano e global.

Na prática

Você pode acompanhar em tempo real os yields dos títulos americanos clicando aqui. Inclusive se você já tem conta no exterior você pode comprar tais títulos para deixar uma reserva em dólar rendendo e pronta para comprar ações quando a bolsa cair a patamares interessantes para você comprar (repare no gráfico acima que apesar das quedas a tendencia de alta de longo prazo do SPX não se desconfigurou).

Fonte: Fidelity Renda Fixa em Junho 2018.
Na tabela acima extraída do Home Broker da Fidelity, vemos que os bonds americanos de 1 ano estão pagando 2,38%a.a, os de 2 anos estão pagando 2,56%aa e os de 10 anos estão pagando 2,89%aa, ou seja, muito perto de 3%. Basta o FED aumentar a taxa de juros mais uma ou duas vezes (coisa que acontecerá ainda em 2018) e a taxa do título de 10 anos passará dos 3%aa, o que acelerará muito a debandada dos investidores dos mercados de maior risco (vide Brasil), aumento do dólar frente a outras moedas (claro que ai depende muito também da economia e política do par a comparar).

Fiquem ligados no desenrolar dos fatos; evitem se expor muito a renda variável (o tempo certo para isto virá em breve). Evite ficarem comprados apenas em moeda fracas (vide Real) nestes momentos de inversão do fluxo de capital no mundo - faça sua reserva em dólar, entenda e acompanhe o que acontece na macroeconomia. Quem melhor se preparar para as oportunidades que virão disto, mais rapidamente conseguirá atingir FIRE. 

Acha tudo isto impossível? Veja aqui a opinião de um CFA com muita experiência sobre o assunto


22 comentários:

  1. Se essa correção acontecer ano que vem quando eu pedir demissão e receber meu bônus de final de contrato em dólares aí sim vou acreditar que o destino quer que eu aposente cedo!rs Vou deixar essa grana fora do Brasil mas se recebesse hoje não colocaria na bolsa americana justamente pelos motivos que você apontou. Odeio tentar adivinhar o futuro, mas agora o medo é muito grande e a comunidade FIRE lá fora está muito no "oba oba" com esse lance de IF fácil comprando Index sem a menor análise.

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sm duvidas que a comunidade FIRE nos EUA está em um otimismo grande com este bull market desde 2009 mas uma hora isto acaba. Também estou curioso para saber como eles se sairão em um bear market. Se os 4% de TSR lá se sustenta e tudo mais. Veremos,
      Abcs

      Excluir
    2. só eles passarem uma temporada em países de custo de vida menor e tudo resolvido...kkk

      Excluir
    3. Kkk eu pensei nisso, baixa o custo

      Excluir
  2. É possivel nós aqui do Brasil investir no Tesouro Americano? Ou é restrito somente para quem for de lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Via corretora lá sim é totalmente possível e eu mesmo tenho. Via Tesouro Direto (treasury direct) é preciso SSN, ou seja, só americano ou residente pode investir diretamente. Abcs

      Excluir
    2. AA40, seu site é muito bom, leio todos os posts.
      Dá pra dizer superficialmente qual a diferença em investir como residente/americano ou via corretora? Qual a segurança que podemos ter se uma corretora de lá for sacana ou incompetente?
      abraços

      Excluir
    3. Obrigado Anon. Dificilmente uma corretora americana vai ser sacana, mas sim a preocupação é valida. Para investir em renda fixa (CDBs lá) você precisa ver se a corretora é FDIC insured que é como se tivesse cobertura do FGC.
      Para investimentos em geral é preciso verificar se a corretora é autorizada pela SEC (equivalente a nossa CVM) e pela FINRA que é a autoridade reguladora das corretoras americanas. Veja: https://brokercheck.finra.org/firm/summary/7784

      Excluir
    4. Bom dia AA40,

      Eu hoje aplico via a Interactive Brokers e tenho deixado o dinheiro parado na conta aguardando uma correção mais forte no mercado americano de ações e REITs.
      Não sabia que poderia aplicar em títulos do Tesouro Americano via corretora, como estrangeiro.
      Seria possível você dar uma luz sobre como fazer isso?
      Pelos meus parcos conhecimentos, acredito que aplicar em títulos de curta duração seja o ideal, isso é correto?
      Obrigado,
      Data160

      Excluir
    5. Data, não sei na IB, mas na Fidelity é façil só ir na parte de renda fixa. Tente abrir seu Home Broker IB e ir em fixed income e procurar por Treasure Bonds.
      https://www.interactivebrokers.com/en/index.php?f=1429
      Fique de olho no vencimento. CDs e Bonds são marcados a mercado então se vender antes perde dinheiro.

      Excluir
  3. Do jeito que o barco anda vamos encher o carrinho de SP500, TD IPCA 7%, FIIs e ações a preço de banana. Nao tenho ideia de onde vou tirar dinheiro pra isso tudo !! abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SP500 ainda acho que não é a hora, mas algumas ações pagadoras de dividendos e REITs sim vale a pena. Breve o TD e o SP500 darão compra tbm.. abcs

      Excluir
  4. Excelente post, AA40!
    Mas qual a luz no final do túnel para quem não investe fora do Brasil? Como podemos nos proteger dessa enxurrada de lama que parece estar à caminho?
    E para investir no Treasury Direct basta ter o SSN ou precisa também morar nos EUA? Eu tenho SSN mas sou residente no Brasil.
    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mercado é assim. Nunca se sabe. Por isso investir em RV é só para o longo prazo - 20 anos ou +.
      Se tem SSN ee mora fora vai ter que fazer carnê leao e fazer o W8-BEN na corretora para informar que mora fora ai eles recolhem o IR na fonte.
      Invista em treasures diretamente via corretora e não via treasure direct. Abcs

      Excluir
  5. Caro AA40,
    Excelente artigo, muito bem escrito, gosto muito da maneira como você escreve!
    Interessante esta informação da correção após movimento para cima do TED.

    Vamos acompanhar.
    Será uma oportunidade para aumentar os yields com novas aquisições!!
    Um abraço, @-@

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Embora seja passado, a tendencia é que se repita. É possivel que até dois anos uma correcao mais forte venha. Ai podemos comprar o mercado todo, mas por enquanto existem varias oportunidades em REITs, e ações pagadoras de dividendos. Faça uma listagem das empresas que vc está de olho, defina um yield e um preço atrativo de meta e vá comprando um pouquinho todo mes daquelas que estejam mais perto dos numeros meta. Abcs

      Excluir
  6. Belo post amigo! Bem esclarecedor. Mt melhor do que vários artigos falando sobre o fim do mundo. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Frugal. É uma visão simples baseada nos juros e fluxo de dinheiro no mundo. Macro ciclos que se repetem. abcs

      Excluir
  7. Morava nos EUA, ganhava um bom salário em dolar, falo ingles fluente e voltei ao Brasil por odiar os americanos e querer viver perto da familia. Lí o post do Frugal acima hoje e me deu uma tristeza, depois de 4 anos de volta. Será que fiz a coisa errada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, o importante é estar bem onde está. Família para mim é uma das coisas mais importantes. Nem tudo é dinheiro e rendimento nesta vida.
      Com esta experiência fora pode conseguir coisas muito boas aqui no Brasil. Não fez a coisa errada não. Abcs

      Excluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.