Subscribe

Estudo de Caso: É possível pensar em renda passiva ganhando 1500 por mês?

Prezados leitores, depois de um tempo sem atacar os estudos de caso, vamos publicar dois na mesma semana para tirar o atraso.
Outro caso simplificado que nos chegou é o do M. A. que está começando a vida profissional agora e já está pensando em como começar a investir e gerar renda passiva no futuro:

Olá tudo bem? Me chamo M. A., tenho 26 anos e atualmente estou morando em belo horizonte. Trabalho como auxiliar técnico em informática e não ganho muito o valor total recebido é de 1500 reais mensais, queria saber qual a melhor abordagem para começar a investir (seja renda variável ou, moro de aluguel atualmente valor dele é de 650 reais, eu quero dispor de pelo menos 150/200 reais mensais de inicio até o final deste ano e em 2019 pelo menos 300/400. É possível que daqui a uns 10 anos ou 15 eu não precise me preocupar com dinheiro(no caso de emergências, não sou muito de sair de casa) só com renda passiva?

Olá M.A. Primeiramente deixa te dar os parabéns por já estar procurando conhecimento sobre investimento e renda ainda tão novo. Com 26 anos a maioria das pessoas ainda está curtindo a vida em baladas e gastando além do que tem sem se preocupar com o amanhã, mas não no seu caso e está muito certo. Muito bom!

Todo início de carreira é assim, não se ganha muito. São raros os casos que não são assim. Com o tempo e experiência as coisas vão melhorando bastante, principalmente na questão salarial. O importante é gastar menos do que ganha sempre e investir o restante. Esta é a regra de ouro que deves tentar seguir sempre. 

Emergências primeiro !

Ganhando um valor baixo por mês e sobrando pouco, não se tem muita margem de manobra caso aconteça algum imprevisto, e, acredite, eles sempre acontecem. Carro quebrar, multas, eletrodoméstico queimou, casamento de alguém, festa de aniversário para ir até doença e perda do emprego que ninguém está livre....são as mais variadas "surpresas" que podem aparecer. 
Para isto, a primeira coisa a fazer é sua reserva de emergência M.A. 
Para ficar no básico, precisa guardar 6 meses equivalente de despesas em uma conta com liquidez diária, ou seja, que possa sacar já no dia seguinte.
Como ganha cerca de R$ 1500 mensais brutos, o que seriam uns R$ 1380 líquidos segundo esta calculadora. Se sobra 200 reais por mês, estimamos o seu custo mensal total em R$ 1180 (corrija o seu cálculo não for isto). Seu aluguel consome 47% da sua renda líquida o que é muito alto também. 
R$ 1180 vezes 6 meses ~ 7 mil reais. Este é o valor que precisa acumular para evitar que as surpresas do dia a dia te levem a pegar empréstimos e te endividar. Só de fazer isto vai te tirar um grande peso das costas caso qualquer imprevisto aconteça, acredite. Só depois deves pensar em investir para valer.

Onde colocar este dinheiro? Poupança ou de preferência no Tesouro Selic e você consegue comprar ele abrindo conta em qualquer corretora com valor mínimo inferior a 100 reais.

Investimentos a seguir

Aqui no nosso blog gostamos de ser conservadores para que você não perca seu suado dinheiro arriscando em coisas como cripto moedas e ações de empresas duvidosas. 
Por isso sugerimos primeiro começar a investir em renda fixa até conseguir um bom patrimônio ai então será a hora de diversificar em outras classes de ativos, por que daí sim isto fará diferença.

Como provamos aqui, os aportes (quantia investida todo mês) é muito mais importante do que os rendimentos até você conseguir um montante considerável, então não se preocupe se você não tiver comprado ações da Magazine Luiza e ela subiu 100% por exemplo por que se você investiu 100 reais nela e ela subiu 100% você terá 200 reais e isto não fará você rico. Agora se você tiver 300 mil investidos a coisa muda de figura.

Após sua reserva de emergência estar completa, comece a investir em coisas básicas como CDBs, LCIs, Tesouro IPCA+, etc até acumular digamos uns 100 mil reais. Ai sim você já terá tido tempo para estudar mais sobre ações, sobre FIIs, e tudo mais.

Foco total em aportes

A diferença entre quanto você aporta hoje faz uma grande diferença no futuro. Se continuar aportando 200 reais por mês, considerando um rendimento médio anual de 8%, você terá acumulado em 15 anos 68 mil reais, já se aportar 400 reais todo mês terá 137 mil reais. Como vê os juros não fazer muito quando o valor é pequeno, por isso focar em ganhar mais e poupar/aportar mais é o caminho mais rápido para conseguir acumular riquezas.

Renda passiva é projeto de longo prazo, lembre-se disso

Um valor de 137 mil reais aplicados, pelo estudo da TSR4, você poderá sacar 4% ao ano do valor para gastar, sem que isto impacte seu valor principal. Isto significa que daqui a 15 anos poderia sacar praticamente 500 reais ao mês. Se isto é suficiente para não se preocupar com dinheiro só você pode dizer. A primeira vista pode parecer pouco mas veja que o salário que ganha hoje certamente não será o mesmo daqui a 15 anos, certamente será muitas vezes maior que este e ai é o x da questão.
A cada aumento que conseguir ou mesmo novo emprego com maiores rendimentos, continue vivendo como se não tivesse ganhado aumento e economize a diferença. Este é o segredo para conseguir viver uma vida tranquila e quem sabe ser financeiramente independente após os 40.

Você está no caminho certo. Galgue promoções e melhores salários/empregos e qualifique-se para isto. No futuro você se agradecerá por ter feito isso.
Abrimos para sugestões e comentários dos nossos colegas abaixo. Um abraço e bons investimentos M. A. Volte sempre.

Disclaimer: Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos profissionais de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. AA40 não é responsável pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.


35 comentários:

  1. Esse aluguel tá estrupante, será que não consegue diminuir esse custo , dividir, morar em republica, segunda coisa como técnico não consegue uns jobs por fora , formatar umas maquinas, montar umas maquinas baratinhas e revender na olx e grupos de facebook para aumentar um pouco a renda ?
    Como AA40 Citou no seu caso começaria com uma reserva de 3 meses em SELIC pois acredito ser assalariado com seguro desemprego e fgts que garante um bom tempo e já ia direto para os FIIs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente consome boa parte da renda dele. Mas por outro lado é BH, dificilmente você vai encontrar algo em condições de moradia por menos que isso. O legal, se ele for solteiro, seria dividir o aluguel com colegas agora no começo de carreira.
      3 meses já é um bom começo e ir aumentando até 6 conforme puder.
      FIIs já é RV e isto requer uma certa experiência para escolhe-los e aguentar perdas, vide o caso do MFII11. Não recomendo para iniciantes mas é bom começar a estudar sobre eles e como escolher e como funcionam. Abcs e obrigado soldado.

      Excluir
    2. AA40 só uma correção tbm sou de BH e tem como reduzir bem esse aluguel tem muita kitnet espalhada pela cidade por 400.00 a 500,00, algumas já com água e luz incluso.

      Abs.

      Excluir
    3. Interessante Anon. M.A, pelo visto você consegue mesmo reduzir este custo se procurar bem então. Tlvz valha a pena. Abcs

      Excluir
    4. oi gente M.A aqui kkkk, então eu esqueci de falar mas os 650 são de alguel+compras+luz e internet o aluguel mesmo é 500 reais, como estou começando a fazer dieta esse valor deve chegar no máximo a 580 agora...refiz minhas contas e estou me reorganizando. E sim comecei a anunciar concertos fora do horário comercial no condominio/bairro onde moro. Essa é só a minha perspectiva inicial não pretendo ficar mais do que 6 mêses ganhando o que ganho não.

      Excluir
    5. No caso eu estou fazendo um curso intensivo EaD de web desing e desenvolvimento android, minha meta é terminar o primeiro em 6 mêses e começar a fazer freelancers, e nesse meio tempo terminar o desenvolvimento android e começar a desenvolver aplicações, e quem sabe até meio de 2019 se nada me atrapalhar eu monte uma startup com uma amiga nessa área de aplicações móveis!

      Excluir
    6. outro ponto importante divido apartamento com 4 pessoas

      Excluir
    7. Legal M.A. Você está no caminho certo. Basta investir todo mês, não se deixar levar por promessas de ganhos elevados e seguir devagar e sempre que chegará lá. Abcs e vai nos contando ai como está indo.

      Excluir
  2. Interessante a iniciativa de fazer um estude de caso com um perfil semelhante ao de boa parte da população brasileira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Anon. Esta é a ideia, publico de todos os perfis. Mande seu estudo de caso tbm, estamos esperando (aposente40@outlook.com). Abcs

      Excluir
  3. Tenho um amigo de 25 anos que mora com a mãe, ele tem 20mil reais embaixo do colchão.
    E agora ele ta no seu primeiro emprego de carteira assinada ganhando 1000 reais mensais. Esse salário pode ser poupado 100%(sem despesa).
    Obs: Ele nunca investiu em nada. Sempre achou que os rendimentos eram ínfimos e por isso guardava o dinheiro embaixo do colchão como uma reserva e segurança.
    Qual investimento vcs aconselham esse meu amigo a fazer ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu amigo com 25 anos teria 300 mil reais se aplicar a 8%aa aos 60 anos de idade. Se deixar debaixo do colchão terá 20 mil em papel que não comprarão mais nada daqui a 35 anos. Esta é a diferença que juros compostos fazem.
      Se o cara tem tanto medo assim tlvz poupança seja um bom começo, pelo menos anula
      a inflação, mas o ideal para ter algum retorno é CDBs e Tesouro Selic que tem a mesma segurança.

      Excluir
    2. O lance é que ele não queria deixar esse dinheiro "rendendo mixaria" tanto tempo assim. Esse amigo é meio cabeça dura, ele tem uma filosofia de vida diferente. Na cabeça dele: "Se antes dos 30, ele conseguiu juntar 20mil reais, daqui 35 anos ele já teria juntado muito mais do que 300mil". Mas ele não tem medo de investir, na verdade ele nunca tentou. Nunca nem declarou imposto de renda. Como eu disse no post anterior, ele tá no primeiro emprego CLT agora.
      Ele não é avesso ao risco. Digamos que a solução seria procurar um emprego que pague mais, mas enquanto ele não consegue isso, como ele poderia multiplicar esses mil reais de salário num curto prazo ????

      Esse meu amigo tem um primo. E esse primo é concursado, ganha 20mil reais por mês. Como esse meu amigo poderia se igualar ao primo ? Como ele poderia transformar seus míseros 1000 reais em 20mil por mês ? Mesmo correndo riscos.

      Excluir
    3. hahaha sem entrar em ilicitudes ou arriscar tudo tipo em um cassino/mega sena não há como então prefiro não opinar, mas se alguém se prontificar a comentar, fique a vontade.

      Excluir
  4. A solução é ir aumentando o salário ao longo do tempo, e com isso ir aumentando a quantidade de dinheiro poupado.

    Mesmo que demore a chegar a independência financeira. A tranquilidade financeira que vai ser conquistada ao fim de 5 a 10 ano, já permite realizar alguns sonhos como viajar de ferias para o exterior.

    Também permite ter uma reserva de emergência para urgências.

    Com certeza a vida será melhor com esse dinheiro poupado, mesmo que ainda não tenha chegado a independência financeira.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
  5. A brutalidade da comunidade FIRE, sem conseguir aumentar renda e reduzir gastos pensar em aposentadoria antecipada fica difícil para não dizer impossível. Infelizmente o Brasil é um país de terceiro mundo e as oportunidades de emprego não ajudam, me espanto como em fóruns nos EUA por exemplo o cara consegue ganhar 25 mil dólares ou mais por ano só trabalhando em "McDonald's"... acho legal começar a economizar cedo, desde que isso não impeça de investir na própria profissão para conseguir obter mais renda como o Marcelo disse estar fazendo. Nesse caminho tem tudo para ele dar certo, basta paciência.


    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem colocado. Paciência é chave. A menos que o cara faça como você 365 e vá com tudo para outro país para acelerar (e para isto é preciso qualificação), isto é uma jornada de vida e demora uma vida realmente.
      Não podemos pensar como o primo do nosso amigo ai acima que ganha 1k e quer multiplicar para 20k arriscando tudo...isso não é investir, é gambling!

      Excluir
  6. Parabéns ao M.A! Olhando a história dele lembro um pouco da minha, principalmente quanto a profissão haha

    E ele está no caminho certo. É estudar para ganhar mais, analisar outras rendas como já anda pesquisando e ter paciência como alguns disseram.

    Como sempre, belo estudo AA40! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu II. Praticamente todos nós começamos assim. Meu primeiro salário foi 1700 reais.
      Abcs

      Excluir
    2. Meu primeiro salário foi de 300 reais kkk depois de formado, foi de 1200

      Excluir
  7. AA, estou começando a investir no tesouro direito agora, venho comprando o tesouro prefixado 2021. Disponho de 550 reais para investir por mês, sendo que no momento estou aplicando 300 reais por mês no citado prefixado. Os outros 250, venho guardando na poupança, como reserva de emergência. Minha dúvida é a seguinte. Quanto a estes 250 reais, olhando a situação do tesouro selic atualmente, vale a pena utilizar esse ativo como "poupança"? Ou deixo como está? Ou escolho outro ativo, como o tesou prefixado 2025?

    O questionamento leva em conta a liquidez envolvida nos títulos, bem como, a rentabilidade. Ficarei grato caso responda. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anon, dificl dizer sem saber mais detalhes, mas prefixado mais curto é menos arriscado que prefixados mais longos pois ninguem sabe para onde vai a taxa de juros em um prazo mais longo. Para um prazo mais longo eu gosto bastante de TD IPCA+ 2035 por exemplo quando o rendimento chega perto de 6%+ inflação pois é um título que te protege caso a inflação acelere muito.
      Vale a pena olhar CDBs também bem como LCIs neste seu caso mas via corretora. Diversifique em vários ativos para não correr o risco inerente aos prefixados. Abcs

      Excluir
  8. AA40

    um colega me procurou e o caso dele é que a cada 1,00 aportando no fundo de pensão da empresa, a empresa aporta +0,50...ou seja, no caso dele contribui com 800,00 todo mes e a empresa complementa com mais 400,00. Está formando uma poupança de 1.200,00 + correção do fundo. Ou seja, quem tem essa possibilidade é o melhor dos mundos correto? pq eu o incentivei ao invés de ficar procurando ações, aumentar o aporte dele junto ao fundo de pensão empresarial que ele participa.

    Vc faria algo diferente?

    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem KSPOV. Sim, estes planos de pensão são ótimos mas geralmente existe um limite que a empresa aporta em conjunto, geralmente 5% do salário. Nos EUA isto é muito comum e é chamado de 401k (previdencia privada). Isto é dinheiro "gratis" de certa forma. Neste caso ai seu dinheiro rende 50% já no ato do investimento, ou seja, imbatível. Até onde a empresa fizer o match de 50% vale a pena sim antes de investir em outras coisas. Claro que é preciso ver no que este fundo de pensão investe pq no Brasil as falcatruas nos fundos de pensão públicos são vergonhosas e alguns estão fadados a falir infelizmente. Olho aberto e bons investimentos

      Excluir
  9. pessoal, devo fazer um casamento gastando mais de 50 mil reais ou usar isso para aportar e buscar o fire?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se vc está falando sério, mas caso esteja, tudo depende da situação. Pagará sozinho? É o sonho de sua namorada e ela quer mto? Esta há um bom tempo junto e tem boa condição financeira?
      De repente lá na frente estes 50 mil não façam tanta falta e não ter feito o casamento que podia sim.

      Excluir
    2. Na boa só com essa informação fica difícil,depende de quanto vc ganha qual seu poder de aporte ,eu ganho 3k se realmente fosse casar iria numa churrascaria /restaurante faria um bufett de 60 reais no máximo 100 pessoas igreja uns 2k 3k foi no máximo 10k e resto gastava na lua de mel... 40k vc faz uma volta no mundo TOP. Pq depois disso casado é só tristeza kkkk brincadeira
      abraço ...boa sorte.

      Excluir
    3. Rafael, manda um estudo de caso ai no email para que possamos analisar com mais informações, só com isto fica difícil. Se vc for já milionário, um casamento de 50 mil pode fazer sentido tlvz...Abcs

      Excluir
  10. AA40,
    Sempre aprendendo com os teus estudos de caso. Bem escritos e explicados. Sempre que posso, leio com muita atenção e reflito muito.

    Vejo que o estudo de caso representa a realidade de muitos brasileiros: mal remunerados e com despesas básicas representativas, pois o custo de vida no Brasil é uma coisa de deixar qualquer um de país de "primeiro" mundo de boca aberta! Claro que, para um jovem solteiro, que pode viver em kitnet, em casa compartilhada ou mesmo com os pais, este rendimento, apesar de baixo, pode ser utilizado para um projeto de FIRE de maneira mais representativa. Todavia, para um pai de família com este rendimento (com muitos brasileiros) a situação fica mais complicada.

    Eu concordo com o teu raciocínio todo. Apenas discordo no ponto de ter primeiro os R$ 100 mil para depois começar renda variável. Se assim o fosse, eu mesmo não teria começado até hoje, que não tenho os R$ 100 mil e já comecei a investir em empresas por meio de ações. Creio que, mesmo com pouco, a renda variável no longo prazo trará bons resultados mesmo para quem dispõe de poucos recursos mensais. Eu sou o exemplo e tenho a crença nisto, em base no pouco que já estudei e experimentei. É um projeto de longo prazo (inevitavelmente) sobretudo para os que dispõe de pouco recurso.

    No mais, parabéns mais uma vez pelo excelente conteúdo!

    Um abraço meu,

    @-@ Ativos for Change

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelo apoio AFC. Nos anima muito.
      Então, como falei acima, aqui somos muito conservadores no sentido de preservar o capital e não arriscar em busca de 1% a mais de rendimento pois sabemos que o que realmente importa no começo é o tamanho do aporte. Quem gosta de renda variável e SABE como ela funciona e os riscos tem mais é que investir mesmo, mas para um cara cuja profissão não é na área financeira e não tem conhecimento para analisar empresas, balanços e tudo mais, não posso recomentar investir em RV. Com certeza vc sabe analisar tudo isso para estar aportando em RV e escolhendo boas empresas, do contrário vc é um trader e isto em 90% dos casos não é sustentável (inclusive já tentei e aprendi).
      Além disso existe uma enorme diferença entre empresas brasileiras e empresas americanas por exemplo. Se vc pegar a lista de empresas do Dow Jones, eu poderia investir em qualquer uma delas sossegado mas já pegue o IBOV ....perde para o CDI nos ultimos 15 anos.
      enfim, preparado e sabendo o que fazer e os riscos, não precisa esperar os 100k não, mas eu, tenho mais que isso e quero cada vez menos RV (no Brasil pelo menos) no meu portfolio. Abcs

      Excluir
  11. Olha o que esse cara fala aos 16:10

    https://www.youtube.com/watch?v=kL8DHj6Ih18

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faz sentido nenhum. Mesmo vc investindo no fundo DI mais caro do Brasil, mesmo assim é menos que a inflação atual. Investimento via corretora vc paga taxa ZERO hoje em praticamente toda classe de renda fixa. Pq vc vai deixar no banco?
      Mas se vc acha mais seguro e que vai ganhar mais deixando debaixo do colchão, fique a vontade. Escolha é escolha.

      Excluir
    2. Não há risco da corretora falir e o pessoal que investiu ficar sem a grana ?

      Quais corretoras vc sugere ? Aquela da propaganda com o ator da globo (XP investimentos) é boa ?

      Pra quem nunca declarou imposto de renda, o que vc sugere fazer nesse início de investimento ?

      Excluir
    3. MV, se a corretora falir vc não tem com que se preocupar, desde que este dinheiro este aplicado em algo e não na "conta corrente" da corretora. Todos os seus investimentos ficam registrados na Bovespa e Cetip no seu CPF e não no da corretora. A TOV já quebrou e veja aqui o que aconteceu: https://economia.uol.com.br/financas-pessoais/noticias/redacao/2016/01/08/bc-fecha-corretora-tov-o-que-acontece-com-os-investidores-agora.htm

      Não posso recomendar correta por aqui mas de uma lida neste post que vc terá uma bela dica. http://www.aposenteaos40.org/2018/01/clear-corretora-corta-precos.html
      Existem investimentos isentos de IR como LCA/LCI, CRI, CRA e FIIs na renda variável. Fazer o IR não é um bixo de sete cabeças não, existem muitos sites que te ensinam a fazer de forma bem detalhada como o Abacusliquid. Abcs

      Excluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.