Subscribe

Estudo de caso: Em início de carreira no direito. Como começar a planejar para uma aposentadoria antecipada ?

Prezados,

Vamos a mais um estudo de caso. Desta vez quem nos escreve é o L.B.:

Me chamo L.B., tenho 26 anos, moro em --------, sou formado em direito a 6 meses e atualmente trabalho como assistente jurídico em um escritório da região.  Meu contrato é por prazo determinado (estou a 1 ano e 6 meses nele), e sei que ele se encerra em dezembro/2018.
Já me preparei para isto quando entrei, estou me formando em gestão empresarial e já tenho uma proposta de trabalho para quando eu sair do meu emprego atual.
Atualmente a minha renda liquida é de R$ 2.013,14 + 500,00 Vale Alimentação (como vivo ainda na casa dos meus pais deixo o VA com eles ajudar nas compras de casa).
Hoje não tenho dividas no meu cartão de credito até o mês junho tinha um gasto médio de R$ 600,00.
Quando conheci o AposenteAos40.org a cerca de 3 meses resolvi cortar meus gastos ao máximo.

Meus gastos mensais hoje são:
R$ 100,00 ----- Plano de telefone
R$ 09,00 ------ Anuidade Cartão crédito estudante Banco do Brasil
R$ 90,00 ------ academia
R$ 50,00 ------ Futebol
Estou guardando todo mês R$ 1.000,00 na poupança

O restante do dinheiro deixo para usar durante o mês (na maioria das vezes acabo não gastando tudo até o final do mês, e coloco o que sobra na poupança também).

Saldo atual em poupança: R$ 8.144,89

Tenho uma aplicação no LCI que hoje está com saldo de R$ 590,07

Em dezembro irei receber minha rescisão e poderei sacar o FGTS também (acredito que receberei um montante de R$ 10.000,00).
Estou estimando que esta nova proposta de trabalho me rendera inicialmente R$ 3.500.00 mensais, não é um valor fixo porque trabalharei por demanda e não serei funcionário e sim PJ.
Gostaria de ter a minha liberdade financeira com 40 anos com retiradas mensais de R$ 6.500,00, mas ainda tenho muita dificuldade com os números e o mercado de investimentos.
Se vocês puderem me ajudar ou indicar um caminho ficaria muito grato.
Atenciosamente
L.B.


Seja muito bem vindo L.B. Parabéns pela iniciativa de cortar gastos. Na verdade não recomendamos cortar gastos apenas, mas implementar uma vida frugal, onde os gastos são apenas os necessários mas não passar por privações por causa disso. Ser frugal é diferente de ser minimalista. Frugalidade é um estilo de vida e deve ser sustentável para que você não desista no meio do caminho.
Certamente seus atuais gastos de R$ 250 mensais serão temporários e não poderemos usar isto como base para o planejamento financeiro seu.

Por onde começar?

Esta é a sua principal pergunta antes de mais nada. Aprender é o primeiro passo e buscar conhecimento como está fazendo é parte dele. 
Mencionaste que coloca mil reais ao mês na poupança e no início não há nada errado com isto já que acredito que a maioria começou assim. 
Sabemos que historicamente o investimento na poupança se mostra muito abaixo em termos de retorno total em relação a renda fixa tradicional - veja aqui - Você deixa de ganhar muito dinheiro no longo prazo.
O primeiro passo após saber isso e ter uma quantia como a que você tem é começar a investir melhor. Abrir uma conta em uma corretora de confiança é o primeiro passo. Não podemos aqui recomendar uma corretora mas podemos sugerir este artigo e este para aprender a escolher uma boa.
Abra sua conta, transfira o dinheiro para lá.
Não se preocupe por que o dinheiro investido não fica no nome da corretora mas sim no seu CPF, então sua preocupação se a corretora falir não é necessária. Leia aqui para entender.
Após investir em um CDB por exemplo você pode se perguntar, mas se o banco falir, vou perder o dinheiro? Não vai pois ele tem cobertura do FGC, uma espécie de seguro. Leia aqui para aprender sobre ele e cuidado por que existem ativos que não tem este seguro como as debêntures por exemplo.

Em que investir?

Já falamos muito sobre isto em vários posts então não vou repetir tudo e vou apenas incluir o link. Gosto de recomendar sempre a estratégia dos três pilares. Começando pela reserva de emergência, depois investimentos de curto prazo, médio prazo e longo prazo na sequencia. 

Aposentar aos 40

Assim como o título deste blog sugere, aposentar aos 40 anos de idade é nossa meta mas isso é secundário. Saber que tens uma boa reserva financeira guardada vai te dar liberdade de poder parar ou não aos 40.
Fica muito difícil estimarmos seus aportes futuros com sua realidade trabalhando como PJ. Dos R$ 3,500 que receberia no novo trabalho PJ, vamos supor no exemplo que consiga aportar R$ 1750 mensais ou 50% de taxa de poupança que é em linha com para quem quer aposentar mais cedo..
Certamente conseguirá ganhar mais como PJ com o passar do tempo e ganhará muito mais que isto de média nestes 14 anos que vamos simular abaixo que é bem conservador.
Consideraremos ainda os 10 mil reais do FGTS somado ao saldo da poupança e LCI atuais como balanço inicial (R$ 18,735)
Como o valor desejado é R$ 6,500 hoje, daqui a 14 anos com uma inflação média de 4%aa, isto equivalerá ao poder de compra de R$ 11,225 reais. Esta é nossa meta:

Colocando tudo isto no simulador temos:
.
Como conseguir sacar um valor equivalente a R$ 6,500 hoje daqui a 14 anos, é preciso investir um valor médio de R$ 4,265 reais por mês se obtivermos um retorno de 10% nominal.

O número pode parecer muito alto hoje, mas como falamos acima seus rendimentos vão e devem aumentar muito com o tempo. Se não aumentar deve rever a sua estratégia profissional.
Além disso,  1- Ninguém falou que é fácil atingir FIRE, isto requer muita persistência e paciência pois é um trabalho de formiguinha, 2- o valor que conseguirá poupar e investir no futuro tenderá a ser muito maior do que o atual. 3- Investir melhor vai diminuir este tempo ou a quantia necessária mensal e você está no caminho para isto, 4- seus 40 anos são apenas daqui a 14 anos, podemos considerar 45 ou 50 anos e ainda assim estamos falando de aposentadoria bem antecipada; lembre-se que os juros compostos trabalham tanto mais quanto mais tempo tenha se passado.

Um passo por vez...

Uma das coisas que não gosto sobre nossos estudos de caso é que as pessoas geralmente só querem saber do final, do quanto precisam acumular e quanto podem sacar no final. Isto é importante mas FIRE não é só isso. FIRE é sobre a longa jornada, o prazer de investir, de aprender, de descobrir, de evitar comprar coisas que não precisamos em prol de algo maior na vida. 
Pense um passo por vez e evite pensar no valor final que precisa. Pense que tem que aprender a investir agora, abrir uma conta em uma corretora, analisar opções de investimentos em renda fixa, depois pesquisar sobre os FIIs e por que eles são bons para viver de renda, depois até ações e investir fora do país.
Quando aprender tudo isso verá que o montante que precisa se torna algo secundário e a jornada é o mais importante, o que aprendemos, o que passaremos aos nosso filhos, os valores e benefícios de uma vida frugal para seu bolso, para a sociedade e para o planeta.
Um abraço L.B. e abrimos para as considerações sempre afiadas da nossa comunidade FIRE.

Disclaimer: Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos profissionais de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. AA40 não é responsável pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.


12 comentários:

  1. A criptomoeda bitblocks tem futuro? O que acha da nano em 10 anos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É seria esta pergunta? A comunidade FIRE passa longe de coins a menos que seja para aprender. Abcs

      Excluir
    2. É claro que é séria. As criptomoedas vieram pra ficar. É a chance de arriscar pouco, podendo perder pouco, mas com um potencial de ganho absurdo.

      Excluir
    3. Fique a vontade e boa sorte ! Abcs

      Excluir
  2. Eu queria um artigo que destrinchasse um pouco mais essa parte da tabela de fase de acumulação. Quando você coloca 10%, na prática vão ser vários investimentos com taxas distintas que juntos vão dar ai em torno de 10%. Mas eu queria justamente colocar uma lente de aumento nisso. Porque cada investimento tem prazos diferentes, fica uma coisa descontinuada(não?) . Acho que ficaria até mais didático pra quem é leigo em investimento e daria uma noção maior de como funciona ali na prática. Como que vai acontecer.

    Uma outra dúvida, com relação à corretoras. Elas cobram taxas ? E essas taxas podem prejudica o investimento ? (principalmente pra quem tem pouco de início)

    Tô acompanhando o site há pouco tempo, gostaria de um artigo mais detalhado, fizesse essa lente de aumento. Mesmo que fossem valores fictícios, só pra ter uma noção. Com taxa de corretoras, rendimentos de cada papel e suas taxas diferentes, as variações que poderiam ocorrer ao longo do tempo.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os 10% sim são uma média anual de todos seus vários investimentos juntos. Alguns vão render 15%, outros 3%, etc mas na média consideramos 10% já descontando as taxas e imposto de renda. Não entendi bem o que você quer ver nesta lente de aumento?
      A maioria das corretoras hoje não cobram taxas e custódia para renda fixa como tesouro, CDBs, etc então isto já não afeta a menos que compre ações ai sim vc paga corretagem, emolumentos e taxas da B3.
      Se tiver algum artigo de exemplo com o que menciona como lente de aumento agradeceria para que possamos entender o que quer.
      Abcs

      Excluir
  3. "Lente de aumento" seria nos próprios investimentos em si.

    Porque os 10% como você mencionou é uma média, ta tudo junto nessa informação. Seria legal visualizar cada investimento(com suas taxas e prazos diferentes) mesmo que com valores fictícios.

    Eu sei que cabe ao nosso amigo fazer a escolha dos investimentos, mas pra se tornar mais didático pra quem é leigo seria interessante. Desse montante de 18.735 quanto que fica pra cada investimento ? E quais os investimentos seriam melhores pra ele que ta começando com pouco ? E fazer tipo um exemplo com imagens. Tanto fica em CDB e seria um CDB de tal tipo, com uma taxa X e um prazo Y e assim por diante.

    É detalhar tudo isso, com figuras mesmo...detalhar esses (10%). Mesmo que com valores fictícios. Só pra gente ver como ficaria na "prática". Até para o nosso amigo se familiarizar com o que ele de fato for fazer quando começar a investir. Seria legal até mostrar prints da tela de alguma corretora(Ó você vai se deparar com isso, vou mostrar pra vocês o modus operanti pra quem nunca investiu na vida, você vai começar por aqui, depois de fazer o cadastro, clica aqui, as informações aparecem assim e assado etc), ou mesmo uma vídeo aula pra mostrar como funciona na prática.

    Eu sei que é meio complicado porque ninguém quer mostrar seus investimentos, mas a dúvida do leigo é justamente essa prática, saber como operar isso(por que pro leigo isso tudo parece complexo demais). Se conseguir fazer com valores fictícios seria o ideal.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon não é nem complicado mas não podemos citar investimentos específicos aqui muito menos recomendar. Você talvez não saiba mas a CVM proíbe qualquer pessoa não certificada CNPI (Certificação nacional de profissional de investimento) de fazer qualquer recomendação de investimento em veículo público autoral (sites inclusos) sob a pena de multa e sanções.
      A Certificação é considerada obrigatória para qualquer agente autônomo de investimento. O artigo 9º do Código da Conduta da associação, a que todo analista com um Certificado Nacional de Profissional de Investimento (CNPI) se submete, é claro neste sentido.
      O certificado é exigido pelo órgão regulador do mercado de capitais brasileiro para se exercer a atividade de analista de valores mobiliários - Infelizmente o AA40 não tem esta certificação então não podemos aqui citar investimentos de instituições específicas ou seríamos punidos. Sei que vários blogs o fazem mas é ilegal. Temos que ficar no genérico mesmo. Abcs e espero que entenda.

      Excluir
  4. Independente de chegar nessa meta de 6.500 por mês ou não o LB está no caminho certo. Está poupando e evoluindo num emprego novo que dará mais gás para aumentar os aportes. Com 40 anos já vai criar um bom patrimônio, pode continuar trabalhando mas vivendo mto bem, podendo viajar, comer bem, comprar coisas que gosta. Coisa que a grande maioria das pessoas no Brasil não tem, vivem com dinheiro contado, nome sujo. Vivendo pra pagar contas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito. O número estimado é um mero detalhe. O importante é ter um patrimonio que lhe deixe confortável mais adiante. Abcs

      Excluir
  5. Eu focaria mais em crescimento profissional e aumento de renda no início. Escolha uma carteira de investimento simples, sem muitos riscos e que te mantenha com boa liquidez. Pois na hora que aparecer uma boa oportunidade profissional que requeira investimento com mudança, alguma capacitação etc, você tem recursos para isso. Até você ter uns R$ 300.000,00 pelo menos, foque na sua profissão e não em horas e horas avaliando investimentos. Uma das habilidades mais importantes é saber negociar seu próprio salário. Em determinado momento da minha vida profissional, me dei conta que meu salário deveria ser uns 60% a mais devido ao nível de responsabilidade e à capacitação que eu tinha. A culpa de ficar com um salário abaixo foi exclusivamente minha que não soube negociar na hora certa. Não adianta apenas ser o melhor profissional, pois o reconhecimento em termos financeiros não é automático. Você tem que lutar por isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimos pontos ABM. Foco na carreira no início pode trazer mais resultados que foco em investir. É preciso começar sim e ir aprendendo mas não precisa perder muito tempo com isto no início.
      Negociação salarial rende livros de discussão na verdade e é algo bem complexo. Abcs

      Excluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.