Subscribe

Passagens de volta ao mundo - Uma opção interessante ?

Poucos sabem mas as alianças de empresas aéreas tipo StarAlliance, SkyTeam, OneWorld, etc possuem interessante serviço de venda de bilhetes de volta ao mundo (Round the world tickets - chamados de RTW).
Seja você já um FIRE ou principalmente para quem quer tirar um ano sabático e viajar ao redor do mundo, os bilhetes pode ser uma maneira conveniente de voar vários continentes. Eles te levam para onde você quer ir sem que você tenha que se preocupar em reservar voos pelo caminho, pré-reservando todos os seus voos com antecedência. Simples e conveniente ! Além disso, ao comprá-los em um pacote gigante, você pode economizar muito dinheiro com o preço total dos bilhetes.

Enquanto os pacotes de volta ao mundo são frequentemente defendidos por muitos escritores de viagens, saber se eles são a melhor maneira de dar a volta ao mundo realmente depende do tipo de viagem que você está fazendo. Estes bilhetes RTW vêm com muitas regras e condições que podem não funcionar para você.
 Fonte: Planejador viagens = OneWorld RTW
 Fonte: Planejador viagens OneWorld RTW

Como funciona?

Os bilhetes RTW são, na verdade, passes de aliança de companhias aéreas. Uma aliança de companhias aéreas é uma parceria na qual as companhias aéreas compartilham assentos em aviões, passageiros e benefícios de programas de milhagem. Você compra um bilhete de uma companhia aérea que pode ser usado com eles e seus parceiros. Por exemplo, se você reservar com a American Airlines (Oneworld), só poderá usar seus parceiros. 
É importante lembrar que nenhuma dessas alianças inclui as companhias aéreas de baixo custo do mundo, como a Ryanair (Europa), a Southwest (EUA), a Air Asia (Ásia) ou a Tiger (Ásia / Austrália) o que pode ser um fator limitador. Essas companhias aéreas oferecem menos comodidades mas tarifas mais baratas do que as “principais” companhias aéreas do mundo.

Os bilhetes RTW vêm com vários termos e condições. De um modo geral, um bilhete é válido por 1 ano a partir da data de início e exige que você termine no mesmo país em que inicia. Você não precisa terminar na mesma cidade, mas precisa terminar no mesmo país. A maioria ainda possui limites quanto ao número de trechos a voar no período.

Onde comprar?

Geralmente cada aliança possui seu site para montar a viagem bem como suas regras específicas. Veja algumas delas e também dois sites avulsos que montam a viagem para você

Vale a pena?

Segundo o famoso blogger de viagem NomadicMatt, isto depende muito.
Segundo ele, os bilhetes RTW são ótimos para pessoas com um cronograma definido. Se você conhece suas datas e destinos de viagem e não planeja mudar muito sua viagem, um ingresso RTW economizará muito tempo e dinheiro. Os bilhetes do RTW custam muito, mas se você escolher uma das rotas mais populares, descobrirá que economizará dinheiro no final. Comprar um bilhete em uma rota como essa provavelmente custará menos do que se você reservasse todos os seus voos separadamente.

Você deve comprar um bilhete RTW se…
  • Você está feliz em seguir um cronograma rígido e seguir as regras da companhia aérea.
  • Você não planeja alterar muito suas datas.
  • Você está comprando bilhetes para um grupo como uma família.
  • Você não gosta de companhias aéreas de baixo custo.
  • Você já é um passageiro frequente com milhas acumuladas e quer ganhar vantagens.
  • Se você se encaixa nos nos itens acima, um bilhete de volta ao mundo provavelmente vai economizar até 30% do preço dos bilhetes ponto-a-ponto.

Você NÃO deve comprar um bilhete RTW se…
  • Você quer voar muitas companhias aéreas de baixo custo.
  • Você não se importa com pontos ou milhas
  • Você não tem um plano de viagens definido. 
  • Você pretende passar mais de um ano na rota.

Exemplo


  • OneWorld

O AA40 fez uma simulação para um (01) bilhete RTW na OneWorld que conta com as empresas como Latam, British, American, Qantas, Iberia, etc.
O sistema é um tanto limitado. Só são possíveis 16 trechos. Você pode sinalar os trechos que quer fazer por terra por conta própria. Você ainda economiza escolhendo voar no meio da semana e voando para destinos centrais como Madri e a partir daí pode-se fazer toda a europa via trem se quiser. O mesmo voando para Las Vegas onde pode-se fazer boa parte dos EUA de carro ou via voos domésticos.
Veja a simulação abaixo para 5 continentes, 12 trechos com 7 escalas inciando em GRU em 9 de janeiro 2019 e finalizando no mesmo aeroporto no dia 26 de setembro 2019. O custo total para uma pessoa ficou em R$ 19,254.75.


  • Star Alliance
Uma rota um pouco diferente, passando desta vez pela Africa do Sul para que você possa fazer um safari, Londres seria seu ponto de partida para fazer a Europa de trem, Dubai a porta para a Ásia e três paradas nos EUA, uma no Havaí além de uma em cada costa. Este itinerário resultaria nos seguintes valores estimados pela Start Alliance que inclui empresas como Tap Portugal, United, Copa Airlines, Turkish, Lufthansa e South African Airways.
O limitador do sistema deles é milhagem. Você não pode ultrapassar 39 mil milhas voadas em um bilhete.
Fonte: Site RTW da StarAlliance em 20/11/2019
Achou caro? Tente utilizar o AirTreks para montar sua viagem. Pode sair mais barato:
Fonte: AirTreks. Clique para ampliar



E você, sabia dos bilhetes RTW? Utilizaria algo assim? O que achou dos preços? Comente abaixo:

Fontes utilizadas: NomaticMatt, OneWorld, TripAdvisor


15 comentários:

  1. Muito bom post, AA40.
    Não sabia que esses bilhetes existiam. O preço realmente é bem salgado. Mas pra quem pretende fazer este tipo de viagem tem que se preparar e planejar basrante.
    Acho que seria bom conversar com quem ja usou esses bilhetes, pesar os prós e os contras, pegar dicas, etc.
    Parabéns pela alta qualidade dos seus posts!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meyer, salgado mais ou menos. Se você for comprar os bilhetes avulsos pode sair bem mais caro, além disso, 20 mil reais é o preço de uma passagem de classe executiva (nem é 1ra classe) de GRU para Dubai pela Emirates. Por este mesmo valor você dá a volta ao mundo de econômica com um bilhete RTW.
      Obrigado. Abcs

      Excluir
  2. Acho que o ponto principal é aquele que vc citou... flexibilidade de tempo! Se vc for FIRE vc pode viajar nos períodos q achar ótimas promoções gastando muito menos q num RTW ticket!

    Só acho vantajoso o RTW pra quem tem um período definido (tipo como vc citou de 6 meses) E se a pessoa acha MUITO importante dar a "volta ao mundo" realmente - pois o bilhete RTW só permite que se viaje numa direção... leste->oeste ou oeste->leste (pelo menos foi o que vi em algumas cias).

    abs
    Victor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Vitor na RTW é Oeste para leste, mas pense neles como seus grandes pilares da viagem, o restante você faz usando aéreas low-cost, trem e carro.
      Se colocar tudo na ponta do lápis pode não sair tão mais caro assim, mas lógico, depende do itinerário e flexibilidade. Sempre é bom saber que isto existe e divulgar. Acho ideal para quem quer tirar um ano sabático. Abcs

      Excluir
  3. Olá AA40,

    Interessante. Não sabia disso. Parabéns por escrever isso para nós.
    Para mim isso não serve, pois eu quero liberdade e nesse caso iria ficar preso a um "pacote". Quero andar sem destino. Se um dia tiver em alguma cidade e decidir ir para outra sem tiver planejado eu irei de boas. E nesse caso, a liberdade te permite.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Cowboy. Pode ser interessante para alguns e não muito para outros. Poupa-se bastante dinheiro com estes RTW isso já pude ver. Abcs

      Excluir
  4. A ideia é interessante! Mas por causa do preço, ainda acredito seja mais viável comprar tudo separadamente.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DIL, Procure separadamente e verá que geralmente sai mais caro na verdade. Abcs

      Excluir
  5. Fala AA40,

    Interessante mesmo isso, não conhecia também.

    Talvez um dia quando vier a IF, dê para fazer.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Economista. Tenho que certeza que a FI virá em breve para vc. Abcs

      Excluir
  6. Fala AA40!

    Seu texto diz exatamente o que o leitor precisa avaliar nas passagens RTW: depende de muita coisa. Precisa avaliar com cuidado.

    Quando eu fiz minha viagem para a Ásia, eu pesquisei todo o esquema e para mim não servia. Não lembro com detalhes agora, pois faz uns anos, mas o principal impedimento que notei são as camisas de forças das datas e impossibilidades (financeiras) de remarcação.

    Uma viagem ao redor do mundo deve ser livre e flexível. Não seu se as regras mudaram, mas é algo de se levar muito em conta.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade André, essas RTW são bem rígidas mas existem pontos bons quanto a isto. Geralmente quando vc entra em um país eles vão te pedir a passagem de saída do mesmo. Se vc já tiver um itinerário comprado não terá problemas para entrar em quase nenhum país. Enfim, existem prós e contras e depende do gosto e do bolso. Algumas redes tem menos exigências ou utilizando o site AirTrek facilita também. Abcs

      Excluir
    2. Sim, com certeza há vantagens, precisa analisar!

      Agora esse lance de "precisar" de passagem de saída... olha, eu andei por quase 20 países nessa viagem e não tinha nada disso... nunca tive problemas.

      Abraços!

      Excluir
    3. Digamos que nos EUA, Inglaterra e Australia geralmente eles pedem se vc tiver apenas visto de turismo. Abcs

      Excluir
  7. Nao tinha ideia que isso existia, gostei. Achei o preço justo também (19mil).

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.