Subscribe

Entrevista com um "FI" brasileiro prestes a iniciar a parte "RE" da jornada !

Como todos sabem, existem poucos exemplos de pessoas que já atingiram FIRE no Brasil e as que existem geralmente mantém anonimato e não querem se expor, tanto que é muito difícil encontrar algum para entrevistar devido a isto.
Precisamos muito de bons exemplos para compartilhar com nosso público que, muitas vezes, não acredita no movimento FIRE por não saber de ninguém que chegou lá.
Felizmente chegamos ao Investidor47 através de algumas mensagens deixada no nosso blog. Ele tem uma história incrível e aceitou a nos conceder uma entrevista por email com a condição, é claro, de permanecer anônimo. Sem mais delongas, apresento a entrevista com nosso amigo FIRE Investidor47 !

1) Investidor47, muito obrigado por falar com o AA40 hoje. Você deixou uma mensagem nos comentários nos dizendo que já é FIRE e não sabia. Como a comunidade é de certa forma nova, é natural isto acontecer. Como temos muito poucos exemplos no Brasil (ainda), gostaríamos de saber mais como chegou lá. Poderia começar nos dizendo em que cidade mora e com que idade começou a pensar em economizar e investir?

 Olá. Moro no interior do Rio de Janeiro  e comecei a economizar e investir aos 18 anos e hoje tenho 47 anos.

2) FIRE ou mais comumente a independência financeira sempre foi algo que buscou ou foi por acaso? Poderia nos contar um pouco da sua história e nos dizer quando se deu conta que seria possível viver de renda? 

Eu venho de uma família onde meus avós e bisavós possuíam muito dinheiro, mas não souberam administrar e ao longo do tempo perderam tudo. Meu pai especificamente, sempre foi muito instável no emprego e com isso durante toda minha infância e adolescência oscilamos entre a fartura e a dificuldade, agravado pelo fato que meu pai não fazia nenhuma poupança, não pensava sequer em possuir casa própria e com isso quando ele estava empregado gastava tudo com carros, passeios, aluguel e até nossa educação (tenho 2 irmãos) e depois ele perdia o emprego e passávamos períodos de dificuldade.
Só como exemplo, entre a alfabetização e o segundo grau eu nunca estudei 2 anos seguidos na mesma escola e sempre "oscilava" entre as melhores escolas particulares do rio e as de ensino público.
Eu via minha mãe apreensiva com a situação e tentando se desdobrar para pagar as contas (ela costurava, bordava, fazia trico, etc...) e uma vez, se referindo ao meu pai,  ela me disse uma frase que nunca esqueci e me guiou todo esse tempo;
"Um homem que chega aos 45 anos sem uma casa ou estabilidade financeira é um fracassado!"
Em 1988 eu me formei no curso técnico e apareceu uma oportunidade de estagio no interior de SP. Eram outros tempos, não se tinha a facilidade de comunicação e informação que temos hoje, mas fui com a cara e a coragem. Dai tudo começou em março de 1989.
A empresa pagava uma bolsa de estagio generosa, uns 2 salários mínimos,  e cobria todos os gastos com alojamento, alimentação, etc.....portanto o dinheiro era suficiente para cobrir pequenos gastos pessoais e começar a poupar. 
6 Meses depois, ao fim do estagio, a empresa me ofereceu uma vaga efetiva e passei a ganhar uns 8 salários mínimos (out/1989). Neste momento, mesmo pensando nos sonhos de consumo de todo jovem como ter o primeiro carro,roupas, equipamentos eletrônicos, etc... me comprometi a economizar pelo menos 25% do meu salário.
Era uma época de inflação galopante e o dinheiro poupado ia todo para o famoso "overnight". Em março de 1990 eu ja tinha uma boa quantia aplicada quando o Collor confiscou tudo, mas continuei investindo, mas sempre nos fundos oferecidos pelos bancos.
Meu foco sempre foi a independência financeira, pois mesmo ganhando bem e sendo valorizado nas empresas que passei, sempre olhava para trás e via o exemplo do meu pai e pensava que aquele emprego não duraria para sempre. Esse sentimento foi ficando cada vez mais forte, a medida que o mercado de trabalho foi ficando mais competitivo e as exigências de formação maiores e portanto sempre tive o receio de perder o emprego e não conseguir me recolocar no mesmo nível. Nesse ponto, entrou nos meus planos empreender !
Eu sai do emprego em 2006 e abri uma loja, naquela época eu ja tinha 450k em investimentos, mas acabei fazendo a besteira de comprar uma casa por 170k e fiquei com 280k investido.Passei a viver dos ganhos da loja e trabalhando os investimentos até que no fim de 2007 veio uma nova proposta de emprego e aqui foi o grande salto!
Eu me planejei para continuar vivendo com os ganhos da loja e poupar 100% do meu salario!  Fiz isso continuamente de 2008 até 2014, quando a crise começou a afetar os ganhos da loja e ela já não mantinha as despesas, mas nesse ponto eu já havia atingido o primeiro 1 milhão. A sorte sorriu para mim e mesmo fechando a loja eu ganhei uma promoção que elevou meu salario em 50% e não tive dúvidas, passei a viver com o mesmo orçamento que tinha antes e poupar 60% do meu salario. Entre 2008 e 2012 eu continuei investindo majoritariamente em fundos oferecidos pelos bancos(renda fixa, multimercado, fundos de ações, previdência privada, etc..), mas a partir de 2012 conheci o mercado de ações e pirei! 
Fiz o que não é aconselhável pra ninguém, mas coloquei 100% na bolsa, exceto o que estava na previdência! tomei muita porrada, como por exemplo perdi 230mil na OGX, mas ganhei muito dinheiro também.
Eu havia colocado como meta de FI atingir 2 milhões e isso aconteceu em junho/2017 e nesse momento eu comecei a reverter toda a carteira de investimentos para menor exposição ao Risco. Continuo trabalhando e poupando e passei a investir majoritariamente em CRI, CRA e DEB, priorizando os papeis de longo prazo com pagamento de juros/amortização semestral e com indexação pelo IPCA+ e esse mes atingi 2,5 milhões.
Ainda invisto uma parcela em ações(max 25%) para elevar os ganhos e minha meta mensal é superar a infração em + 0,5%, de forma que eu possa viver/retirar 12,5k por mês sem comprometer o valor principal.Como investidor qualificado é mais fácil ter acesso a titulo com ganhos maiores e com isso tenho DEB incentivadas que só vence em 2030 e paga IPCA +8,5, outras na faixa de IPCA + 7%.
Penso em me aposentar em 2019 ou no máximo em 2020 e até lá sigo poupando e investindo.




3) Nossa, que bela e interessante história de vida. Até eu mesmo perdi dinheiro com OGX nos tempos que podia me aventurar na bolsa. 
Vamos seguir: Poderia nos contar um pouco sobre sua formação, trabalho, renda média ao longo dos anos? Teve alguma herança que te ajudou no caminho ou foi self-made mesmo?
Sou técnico, em função do trabalho e mudanças eu não consegui concluir a faculdade, mas como sempre fui muito bem remunerado eu me acomodei. São 29 anos de trabalho, sempre me dediquei muito e sempre ganhei bem, sempre acima de 10 salários mínimos e chegando a ganhar 20-25 salários mínimos. 
Não tive nenhuma herança, nem sequer um carrinho de mão, e sei que pela renda muitos vão dizer que sou um ponto fora da curva, mas é minha realidade. 
Enquanto os outros do meu nível compram Mercedes, eu compro um fiesta, eles compram um iphone atras do outro e me contento com um moto g e por ai vai. Quanto mais você ganha maior a tentação de consumir e a "pressão" ao seu redor para você seguir o padrão.

4) Legal ! Isto prova que não é preciso ser formado e ter um ótimo emprego para ganhar bem e atingir FIRE. 
Quanto a família: Qual o tamanho e o impacto disto nos seus gastos mensais antes e depois de FIRE?

Minha esposa veio de família humilde e nunca teve dificuldade em conviver poupando, pois afinal nosso gasto sempre foi acima da media da família dela e nos permite uma vida confortável. Meus gastos aumentaram nos últimos 6 anos pois investi na faculdade da minha esposa e agora estou pagando a faculdade da minha filha.

5) Uma esposa com esta mentalidade certamente ajuda muito. 
Qual era a sua taxa média de poupança durante a jornada rumo a IF? Com que idade conseguiste atingir FIRE?

Minha taxa media de poupança sempre foi de pelo menos 25 a 30% do ganho mensal e no minimo 50% dos ganhos extras (13º salário, bonus, ferias, etc....) 
Eu atingi minha meta de 2 milhões em julho de 2017 aos 46 anos.

6) Ótimas taxas de poupança. 
Seu plano é baseado na TSR 4% ou alguma outra métrica? Poderia nos contar um pouco sobre isso?
Eu não conhecia estes conceitos e métricas até conhecer o blog. Portanto, eu tinha o DNA do pensamento FIRE na minha vida, mas com outra métrica. 
Eu bolei uma planilha onde faço minhas projeções em diversos cenários de ganho e simulo as retiradas possíveis, considerando viver até  dez/2071 aos 100 anos. Adotei os cenários mais conservadores, considerando um cenário mais "otimista" de evolução da economia e redução da inflação/juros e  que por outro lado e mais pessimistas para os ganhos. Com isso hoje com 2,5 milhões, segundo minhas projeções poderia me aposentar e passar a viver com 10k mensal contando com um ganho de ao menos IPCA + 4% ano.

7) Interessante como mesmo sem conhecer o movimento FIRE e as premissas, aqueles que tem o espírito de buscar a independência acham um jeito de planejar da mesma forma. 
O quer você faz atualmente? Trabalha em algo que gosta de fazer? Viaja? Como ocupa seu tempo?

Atualmente continuo trabalhando com algo que gosto de fazer mas que é estressante de toda forma e pretendo ficar no máximo até inicio de 2020. O trabalho consume muito meu tempo e por isso pretendo parar em breve, ou seja, já atingi o FI falta exercer o RE.

  
8) Legal. Poderia nos dar mais detalhes dos investimentos que tem hoje? Quais tinha durante a fase de acumulação e como isso mudou após passar para a fase de viver de renda?

Como eu disse antes, no inicio só aplicava em fundos oferecidos pelos bancos como renda fixa, fundos  multimercado, etc..
Em 1998 eu fiz uma previdência privada para ajudar no imposto de renda e optei por um fundo com 85/15 (fixa  e variável) e passei a investir o limite de 12% da dedução todos os anos.
em 2010 comecei a me interessar por fundo de ações e em 2012 me joguei de cabeça na bolsa, chegando a ter uma exposição de 80% dos investimentos em renda variável.
Em 2017 ao atingir minha meta do FI refiz a carteira e passei a dar prioridade a investir em renda fixa  CRI/CRA/DEB pelo fato de serem livre de impostos e majoritariamente em títulos indexados pelo IPCA +.ou CDI +.

Hoje a minha carteira esta dividida assim;
- 600k em ações na bolsa (era para ser máximo 300k mas a tentação é muito grande!), 
- 1000 k em renda fixa (CRI, CRA, DEB, CDB, LCI, LCA)
- 650k em previdência privada alocada em fundos multimercados de alto desempenho (SPX, ADAM, VERDE).
- 250k em investimentos diversos (COE, fundos internacionais, etc..)

Obs: ainda estou investindo e não estou vivendo da renda, pois já considero que atingi a FI mas não exerci a opção pelo RE ainda.

9) Tenho certeza que nossos leitores mais arrojados vão gostar de ver essa alta quantia em renda variável. Eu já tenho perfil mais moderado.
Quais dicas e truques você recomendaria para que está nos lendo e está começando ou já está há alguns anos na jornada FIRE? Você possui algum blog ou algo do tipo?

Não tenho nenhum blog ou site.

As dicas são as de sempre, mas que não é demais repetir:
1- Não existe ganho fácil, maior ganho significa maior risco portanto não assuma um risco que não suportar e sempre pense no plano B se as coisas derem errado ou não aconteçam no tempo estimado.
2- Seja disciplinado, respeite suas metas pois sempre vai haver alguém dizendo que guardar dinheiro é bobagem.
3- Se arriscar na bolsa, seja diligente, estabeleça metas de ganho e até de perda máxima e REALIZE, não deixe pra depois pois pode ser muito pior. Para investir na bolsa, tão importante quanto saber sair e realizar o ganho e´aceitar sair perdendo e recomeçar.
4- Ouça com muito cuidado as dicas de investimentos de bancos, assistentes financeiros e gurus da internet. Dar palpite e fazer experiencias com o dinheiro dos outros é fácil. Seja critico, estude, se informe e chegue as suas conclusões.
5- se for casar, juntar ou constituir qualquer forma de família, busque pessoa alinhada com ete pensamento, pois tanto o dinheiro pode destruir o casamento quanto o casamento pode destruir seu dinheiro.
6- Não compre itens que não precisa ou com "features" que nunca usa. Não ligue para ostentação.
7- Entenda a tributação sobre renda e investimentos e tenha uma estratégia para diminuir a mordida do leão
8- Seja um bom pagador - organize suas contas numa agenda e pague tudo em dia, pois quem quer poupar não pode ficar perdendo dinheiro com multas e juros sobre contas atrasadas. Impostos que dão desconto para parcela única deves ser priorizados (IPTU, IPVA, etc).
9-Tenha total aversão a pagamento de juros! Compre tudo a vista e barganhe. Em casos que não for possível obter descontos e comprar parcelado sem juros, invista o valor e vá pagando as parcelas em dia.
10-Tenha apenas 1 cartão de crédito e do tipo sem anuidade. Nunca entre no crédito rotativo.

10) Excelentes dicas I47 as quais eu mesmo sigo a risca. Agradecemos imensamente a disponibilidade para fazer esta entrevista aqui no AA40. Certamente muitos de nossos leitores terão perguntas e comentários que ficarão abaixo. Se puder nos ajudar respondendo alguns seria ótimo. Quer acrescentar algo ou deixar alguma última mensagem ou comentário? 

Minha ultima mensagem é sobre commitment. Essa palavra não tem uma tradução correta no português que represente claramente o seu significado e sua força para os americanos. É muito mais que a simples tradução como compromisso.
O segredo do sucesso na vida, seja na estrategia FIRE, seja no emprego, seja nos negócios ou no casamento é ter commitment como valor em sua vida.
A vaidade, as tentações do consumo, uma fatalidade, etc.. vão tirá-lo do trilho em algum momento, aconteceu comigo algumas vezes e é aceitável num plano de vida tão longo, mas não desista, tome o controle novamente e siga em frente.

Novamente, nosso Muito Obrigado Investidor47 ! Boa jornada FIRE e nos comunique quando iniciar a parte RE da caminhada.  Tenho certeza que nossos leitores vão estar ligados.
E você caro leitor, tem alguma outra pergunta para o i47? Deixe abaixo nos comentários. 





66 comentários:

  1. Interessante uma carteira desse tamanho sem imoveis de alugueis sem FIIs principalmente pra quem viveu o confisco da poupança , era pra ter medo de salsicha kkk
    Ótimo relato só mostra que tem muitos caminhos pra atingir o mesmo objetivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso que imovel de aluguel é mais dor de cabeça que retotno. Tenho uma casa que vale uns 600mil e se pudesse venderia hoje e viveria de aluguel.

      Excluir
    2. pq amigo? poderia explorar esse ponto,? acho interessante .

      Excluir
    3. Vou listar os pontos que me afastam de investimento em imoveis;

      -Em primeiro lugar eu considero que nao tenho "feeling" para adquirir imoveis no sentido de avaliar sua valorização futura (na boca do corretor é tudo uma maravilha)
      - Em tudo que vejo ao meu redor, o aluguel dos imóveis giram em torno de 0,3 a no maximo 0,5% do seu valor de mercado.
      - Tem toda questão fiscal envolvida de IR etc..
      - Tem a questão da falta de liquidez e novamente a tributação sobre lucro na alienação, etc...
      - E a cereja do bolo é o risco de vacância e demais riscos dos contratos com inadimplência, danos ao imovel, etc...

      Excluir
    4. Concordo, mas vender sua casa pq? Nela vc recebe o alhguel(que não tem que pagar), não tem vacancia, não tem IR e não tem incômodo com inquilino (pois é vc)

      Excluir
    5. A questão da venda da casa seria apenas uma questão de liquidez e mobilidade. Com o dinheiro investido eu consigo gerar renda para morar em qualquer lugar, me mover quando quiser, etc...
      Hoje até resolvi experimentar um FII (mas de papel).

      Excluir
  2. Investidor47 vc pensa em alocar parte do seu dinheiro em títulos públicos? Vi que vc tem COE,debêntures,alguns fundos e ações. Está tranquilo com essa alocação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não optei por titulos publicos basicamente pelo fato de obter rentabilidades maiores através de DEB, CRI e CRA. Eu fico tranquilo com esta alocação pois escolho empresas com grau de risco baixo e diversifico. Esse 1milhão em renda fixa esta alocado em 18 certificados/titulos diferentes.

      Excluir
    2. Isso da uma media de 55 mil por titulo. Poderia elaborar um pouco nos criterios que vc usa pra escolher esses titulos ? Pq eu olhei debentures uma época e nao me animei, TD era mais negocio. Parabens pela disciplina!

      Excluir
    3. Como eu comentei na entrevista, quando voce se torna um investidor qualificado (mais de 1 milhão investido ou algum certificado de investidor reconhecido) as opções de investimentos sao maiores e ainda consigui DEB com IPCA +5,45% para 2027 essa semana (DEB morrinhos). Lembrando que todos esses CRA, CRI e DEB são papais incentivados, ou seja, não pago IR sobre os ganhos.

      Veja como esta hoje;

      DEBENTURE ODEBRECHET OPT 15/10/2025 IPCA +8,27% anual/venc
      DEB FLU Tietê RDVT11 15/06/2028 IPCA +8,49% seme/seme
      CRA JSL CRA0160000Z 28/06/2019 CDI +3,5% sem/ano
      DBENTURE SUPERVIA 15/11/2026 IPCA +7,30% seme/seme
      DEB JSL JSML36 15/07/2020 IPCA +7,44% anual/anual
      CRA Coruripe CRA017000M9 07/10/2019 CDI +1,6% mês/mês
      CRA Coruripe CRA017002X 25/11/2019 CDI +1,5% mes/mes
      DEB Eletrosul - DEZ/2030 IPCA +5,95 seme/seme
      Calango 6 - JUN/2028 IPCA + 5,95% seme/seme
      DEB Rio Energy - DEZ/2028 IPCA +5,95% seme/seme
      DEB BELO MONTE DEZ/2031 IPCA + 5,95% seme/seme
      DEB CEAII _ Centrais eolicas JUN/2030 IPCA +6,5% seme/seme
      DEB Entrevias concessinaria DEZ/2030 IPCA +6,80 anual/anual
      DEB Entrevias concessinaria DEZ/2030 IPCA +6,05 anual/anual
      DEB Morinhos DEZ/2027 IPCA +5,45 seme/seme
      CDB FIBRA 19/11/21 14,35% venc/venc

      Excluir
    4. Que coragem colocar dinheiro na Odebrechet!
      Sou engenheira civil e morreria de medo de fazer isso.

      Excluir
    5. Essa deb é do setor de transporte, de um projeto de infraestrutura e com rating A+ referente a concessionaria rota das bandeirantes com garantias atreladas a receita dos pedagios. De toda forma só coloquei 12mil nesse titulo.

      Excluir
    6. Por exemplo, acabei de achar uma DEB da Engie, incentivada, IPCA+4,3%. O TD nesse momento mesmo com imposto está pagando mais, e vc ainda tem mais liquidez se quiser se desfazer do papel. Vc pegou umas taxas boas. Existem momentos em que Debentures sao oferecidas a taxas mais atrativas ?

      Excluir
    7. Sim Vaga no mercado secundário (ainda com pouco liquidez) as taxas das DEB variam conforme oferta/demanda. As vezes vc compra uma DEB lançada a IPCA+5% por IPCA+8%, claro que o valor é ajustado no preço dela. Funciona como o mercado secundário do TD só que lá os juros que mandam. Abcs

      Excluir
    8. Se voce for investidor qualificado tem opções melhores.Essa minha DEB morrinhos de IPCA + 5,45 eu peguei semana passada e a da entrevias esta pagando IPCA+5,55% mas tem que aportar 80mil. Na lista que vi o maior TD é o 2045 pagando IPCA + 5,11% e isso sendo tributado em 15% equivaleria a uma DEB incentivada de IPCA +4,5% e neste caso realmente esta de IPCA+4,30 nao é atrativa.

      Excluir
  3. Muito legal! Parece que a mente fica mais forte quando a gente passa dificuldade financeira na infância/juventude. Por isso que o pessoal que tá acostumado a viver com fartura normalmente é quem menos tem disciplina financeira.

    Ótima entrevista. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Show Frugalidade Hacker! Concordo contigo! É exatamente assim!

      Parabéns AA40 por essa excepcional contribuição para a comunidade FIRE e ao Investidor47 por sua persistência em alcançar esse excelente resultado e continuar trabalhando firme para melhorar mais ainda a carteira!

      Forte abraço, Fernando do Sou Poupador!

      Excluir
    2. Tenho minhas dúvidas em relação a isso!
      Eu sou super disciplinada, mas minha irmã não aprendeu com as dificuldades da infância.

      Excluir
  4. Olá AA40, parabéns pela entrevista.

    Deixo aqui meus parabéns ao Investidor47. Gostei da sua alocação de ativos. Acho que essa quantidade em RV está boa. Eu também prefiro RV. Você teve sorte em encontrar uma mulher aliada aos seus pensamentos e condutas.
    Boa FIRE a você.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Assim como o Soldado achei interessante o I47 não ter FIIs em sua carteira.

    No mais, parabéns Investidor47 e AA40. Gostei da entrevista. A história do I47 é bem inspiradora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo que as pessoas que querem uma carteira/investimentos com gestão mais passiva focam em imoveis e FIIs, mas eu pretendo manter uma gestão ainda mais ativa dos meus investimentos afinal precisarei de algo pra tomar meu tempo.

      Especificamente sobre FII, que como eu vive e viveu dentro de grande parte dos empreendmentos foco desses fundos tem suas ressalvas. Me lembro uma vez que um assessor de investimento me ligou para oferecer um FII fantastico de um edificio locado para a Petrobras e por coincidencia um amigo meu trabalhava nesse edificio e ja havia comentado comigo que a Petrobras iria se mudar. Resumo, até hoje o predio esta praticamente vazio. Além disso, quem ja teve loja em shopping como eu, sabe a mafia e a safadeza que rola lá dentro e por isso eu não consigo investir em algo que não acredito.

      Excluir
  6. AA40, como eu tenho inveja dos americanos. Se morassemos nos EUA esta entrevista teria sido gravada em áudio, o que permitiria uma conversa ainda mais longa e completa. A história do I47 é ótima. Muito enriquecedora. Parabéns por conseguir entrevistar uma pessoa na fase pré-fire. Você é a pessoa que atualmente mais contribui para a comunidade FIRE no Brasil. O que muito lhe ajuda é o fato de você ter um inglês fluente. Quem sabe no futuro, se nos tornarmos um país mais seguro, você terá um podcast no spotify tipo o do madfientist. Escuto regularmente ele e o firedrill. Abs aa40 e continue criando os ótimos conteúdos com os quais tem nos brindado semanalmente.

    ResponderExcluir
  7. Excelente relato. Eu optei por criptomoedas ao invés de bolsa, porque prefiro perder 100 dólares numa shitcoin do que deixar de ganhar milhares ou milhões com ela.

    Na bolsa tem que arriscar muito dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc é maluco e provavelmente vai perder tudo !

      Excluir
  8. Boa entrevista,

    Sendo bem simplista, o segredo é ser frugal não tem jeito. Não cair nas tentações do consumo e mesmo ele não investindo por conta própria conseguiu acumular um belo patrimônio.

    I47, quais seus planos para a fase FIRE?


    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem que ter persistência, mesmo que em algum momento haja deslizes. Eu tive tentações que me venceram,como comprar um carro top zero, em determinado momento me envolvi no mundo da audiofilia e gastei muito com equipamentos de som sofisticados, etc... mas sempre voltei ao plano e segui firme.

      Meu plano para a fase RE é cuidas dos meus investimentos, viajar, fazer alguns trabalhos voluntários e dividir conhecimento com as pessoas.

      Excluir
  9. AA40,

    Gostei muito da entrevista e das dicas finais. Mostra de forma clara que muito trabalho, metas claras e bastante estudo sobre as modalidades de investimentos valem a pena.

    Parabéns por estar chegando à tão sonhada independência financeira, I47!

    Boa semana,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
  10. Dá para perceber que o segredo é sempre poupar ! Afinal, ainda que você "invista" na poupança, com um bom aporte, você será FIRE !

    Não existe segredo, basta apenas economizar sempre !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No iniiní sim, mas qdo tem uns 500 mil a rentabilidade fica mais importante. Qdo passa de um milhão, 0,1% a mais de rentabilidade equivale a 1000 no mês, então economizar 200 no final de semana já não faz tanta diferença.

      Excluir
  11. Ótimo exemplo, menos a parte de ir 100% pra bolsa - eu nao teria estomago !! Fiquei curioso pra saber a estrategia de retirada dele, pois tendo em vista que nao tem renda de FIIs ou aluguel (muito comum pra quem chega lá) terá que vender ativos periodicamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De forma resumida a estratégia de retirada é a seguinte;
      - A parte da previdencia privada é a mais complicada, pois tem que ser retirada dentro do limite da isenção tributária, de forma que o imposto retido na retirada(15%) possa retornar na restituição do ano seguinte. Neste caso, como os resgates possuem intervalo minimo de 60 dias, hoje seriam retirados cerca de 4mil a cada 60 dias e no final do ano posso simular o imposto de renda e ver qual a margem de resgate final sem pagar IR.
      - As DEB já são do tipo que pagam amortização e juros, algumas semestrais e outras anuais e como tenho diversos titulos com datas diferentes todo mes pinga 2 ou 3 mil reais.
      - As ações são as de maior liquidez, pois sempre estamos realizando lucros ou perdas e reinvestindo, então basta retirar uma pequena parte para o consumo.
      - Os fundos e COE ficam para o vencimento, onde analisarei os ganhos e a parcela que será reinvestida.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Olá, Investidor47, muito legal o seu relato. Considerando a sua idade e q vc pretende trabalhar até 2020, imaginei que vc iria se aposentar pelo INSS, nem q fosse na proporcional. Vc reúne as condições para tal, não? Considerando que vc se aposentasse pelo teto do inss, acho q o melhor seria fazer o pgbl com tributação regressiva. Pelo seu relato vc optou por pgbl com tributação progressiva. Abraço

      Excluir
    4. Eduardo, seu comentário é pertinente. Entretanto, minha aposentadoria pelo INSS em 2020 dependerá de um processo judicial e da situação até lá com a reforma da previdencia. Até o momento eu trabalho com a progressiva e se o cenário da aposentadoria se mostrar viável eu migro para a regressiva.

      Excluir
    5. Só olha bem, porque nao se migra de um regime ao outro, simplesmente as novas contribuicoes estarão sob o novo regime.

      Excluir
    6. È possivel migrar sim, mas somente da progressiva para a regressiva. Entretanto o tempo começa a contar novamente, ou seja, levará 10 anos após a migração para chegar na faixa de 10%. Como minha previdencia não esta num plano unico, posso manter 1 para ir consumindo e migrar 2 por exemplo para deixar pro futuro.

      Excluir
  12. Mais um exemplo que os aportes sempre serão a chave "mágica" para conquistar a independência financeira, não sei exatamente quanto ele lucrou na bolsa mas a impressão que fica é que chegou lá poupando grande parta da sua renda ao longo de décadas e não alguma jogada de mestre nas finanças.

    Quanto a carteira apresentada me recuso a opinar, a pessoa tem que investir nq fica confortável e só o tempo dirá se tomou a decisão certa ou não, pelo relato a coisa está andando conforme ele projetou e certamente terá um futuro tranquilo pela frente.

    Uma pena que não foi gravada em audio ou video, sinto falta de não termos esses tipos de entrevistas aqui no Brasil.

    Sr. IF365
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os aportes continuos foi o maior impulso, pois a alavancagem nos ganhos dos investimentos só foi implementada nos ultimos 6 anos,quando eu já estava poupando há 22 anos.

      Excluir
  13. Tem mais 2 exemplos de IF brasileiros nessa discussão - quem sabe consegue entrevistá-los ? https://www.reddit.com/r/investimentos/comments/9g9m6p/algu%C3%A9m_aqui_j%C3%A1_conseguiu_o_sonho_de_viver_de/

    ResponderExcluir
  14. Investidor47 Parabens pela historia de vida que com certeza vai motivar muita gente lendo-a

    ResponderExcluir
  15. Acho que o item 7 das recomendações é algo que vale a pena estar atento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, estratégia fiscal é muito importante. Sempre apliquei no trabalho, no periodo que tive loja, etc.... Quero deixar claro que não se trata de sonegação, mas de entender a tributação e como usar as regras a seu favor.

      Excluir
  16. Ótima entrevista. É muito bom ver as pessoas atingindo a IF.
    Parabéns AA40 pelo material, espero que consiga mais matérias ricas assim!
    Grande abraço!
    www.acumuladorcompulsivo.com

    ResponderExcluir
  17. Agradeço a todos que se manifestaram e deram sua opinião, mas que por ventura eu nao tenha respondido diretamente ao seu comentátio.

    Saber gastar é a chave para sobrar e poupar. Eu fico abismado como as pessoas naõ sabem fazer contas simples na hora de avaliar o custoxbeneficio de um produto, isso faz uma diferença enorme num plano longo. No supermercado principalmente tem que fazer muita conta na hora das compras, sempre analisando o custo por unidade, grama, kilo ou litro, rendimento, etc.... e não comprando em excesso para depois desperdiçar.

    ResponderExcluir
  18. gostaria de saber do I47 como ele divide os 600k em ações (empresas, setores).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho um portifolio de empresas que sempre acompanho e acredito nos fundamento da empresa.Eu normalmente invisto 50mil numa ação e em casos em que vislumbro alto potencial de ganho chego no maximo a 100mil.
      No momento estou com Suzano,Ambev, BRF, Minerva,MRV, ECORodovias, CCR, Hyperafarma, Usiminas. Outras ações que sempre frequentam minha carteira são GOAU, PETR4, CEMIG.

      Excluir
    2. então vc não é do tipo buy and hold? compra boas empresas, mas vendo um bom ganho, vende e embolsa o lucro. é isso?

      Excluir
    3. Sim, minha estratégia não é focada em day trade ou tiros curtos. Em compro o papel e estabeleço metas de ganho para permanecias por 30,60,90, 120 dias etc... e quando atingi eu realizo e reformulo a carteira.
      Apenas commo exemplo, em 2018 eu realizei 69mil de lucro em janeiro e só fui realizar mais 100mil de lucro agora após o segundo turno. Obviamente houveram pequenos ajustes de papeis no periodo. Reformulei a carteira e ela ja esta com 30mil de ganho (sobre 567 investidos).

      Excluir
  19. Obrigado pelos elogios pessoal e obrigado ao Investidor47 pelas respostas extras ai. Muito legal e se algum outro FIRE estiver lendo por favor entre em contato. Abcs a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde.
      Parabéns ao investidor47 pela iniciativa de contar sua história.
      Sempre é bom chegar a IF, e o melhor ainda é por em prática, pois não adianta nada você chegar na IF e continuar no mesmo ritmo.
      Também já cheguei na IF, mas diferente da maioria de vocês, minha IF foi conquistada com imóveis (tão criticado as vezes), sendo através de ganho na compra e venda, alugueis, intermediação, etc...
      Parabéns pela inciativa sua AA40, são iniciativas assim que incentivam aos que querem um futuro melhor a se manter firme na busca pela IF, pois não é fácil chegar lá, pois demanda de muito esforço, de tempo e disciplina.
      Talvez se pintar um convite, um dia poso contar minha historia.
      Abraço
      AA



      Excluir
    2. Sim amigo, imovel é um caminho para quem tem feeling do mercado imobiliário e consegue enxergar as oportunidades.
      Aqui na minha região virou moda o cara comprar um terreno grande, fazer 5 sobradinhos, ai vendia 3 recuperava o capital e deixava 2 para alugar, mas com o tempo e com muita gente copiando isso saturou.

      Excluir
  20. Parabéns pela conquista Investidor47! Fiquei bastante feliz ao ler sua entrevista, certamente é bastante motivador.

    Gostaria de fazer uma pergunta: Na sua jornada você considerou adquirir um imóvel para morar? De que maneira isso impacta na caminhada FIRE?

    AA40: Parabéns mais uma vez pelo blog. Sempre comento como anonimo (até criar meu blog no futuro). Seu blog tem me ajudado bastante, sempre encontro aqui conteúdo de primeira! Esse formato de entrevistas com quem chegou lá ficou muito bacana também. Boa idéia para substituir o "serviço de consultoria gratuita para pessoas de alta renda", hehe. Grande abraço e continue com o excelente trabalho!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu comprei imovel como citei na entrevista, mas foi uma questão de oportunidade e paguei a vista. Naquela ocasião, em 2006, com 450K eu ja havia me considerado financeiramente independente, mas comprar a casa tirou muito a liquidez do meu patrimonio.
      Hoje penso em vender e aplicar o dinheiro, pois assim que me retirar penso em morar em lugares diferentes e ter a liberdade de mudar quando quiser.

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta Investidor47. O que concluí então é que mesmo com a compra do imóvel (que você disse que foi uma questão de oportunidade), foi possível conquistar FI. Penso que um dos maiores obstáculos nessa busca é a existência de uma dívida de financiamento imobiliário. Isso trava qualquer plano. Como diz o Bastter: "Você não é ninguém até ter terminado de pagar a dívida." ou algo assim...

      A principal tentação no caminho FIRE é comprar uma casa além do que é possível pagar. Nos EUA parece que é o financiamento estudantil para College que ocupa esse lugar. Começar a vida com uma dividona dessas é andar com uma daquelas bolas de metal amarradas ao pé como prisioneiros de quadrinhos.

      Ia comprar um apartamento por agora, mas pensei bem e resolvi manter firme meu objetivo FIRE. Vou deixar para comprar daqui uns 5-8 anos, quando for possível usar só uma parte do patrimônio para esse fim. Até la vivo de aluguel numa boa.

      Mais uma vez meus parabéns e espero que você continue compartilhando conosco sua experiência. É muito legal que tenha interesse em compartilhar o que aprendeu durante sua vida. Precisamos de exemplos positivos para mantermos a cabeça erguida na nossa trajetoria FIRE!

      Excluir
    3. Sim, o imovel atrasou um pouco a caminhada, pois na minha otica imovel para uso próprio é objeto de consumo como um carro, etc.. e por isso nem somei o valor da casa no meu patrimonio financeiro que considero no calculo do meu objetivo FIRE. Assim como a casa, ano passado eu comprei uma sala comercial, onde montei um consultorio para minha esposa e que pretendo deixar de herança para minha filha que se formará em 2021, mas sempre a vista e barganhando muito.

      Excluir
    4. Fiquem ligados semana que vem que vamos falar sobre a compra de uma casa e a vida FIRE. Existe um cálculo que podemos fazer facilmente para saber até quanto podemos pagar por um AP para que não comprometa o sonho FIRE. Fiquem ligados

      Excluir
  21. Parabéns por ter chegado na independência financeira.

    Ótimas dicas, realmente poupar uma parte do salário, investir bem e ir aumentando a renda com o passar dos anos, são as chaves do sucesso.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
  22. Parabéns pela entrevista AA40!
    Todos nós sabemos que as corretoras/bancos são apenas intermediários, mas como voce descreveu que passou por diversos planos econômicos. Ao longe deste tempo teve algum problema com eles? Hoje em dia, você continua utilizando grandes bancos para investir? Qual corretoras/bancos você utiliza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre trabalhei com Itau e Bradesco e nunca tive problemas com os investimentos, apesar das limitações de produtos e de rentabilidades mais baixas. Quando começei na bolsa fiz pelo home broker do bradesco e depois comecei a operar pela XP, onde passei a me interessar mais pelos CRI, CRA, DEB, COE, etc...

      Excluir
  23. Muito interessante esse relato, me identifiquei muito com o texto. Tenho uma visão parecida e para minha sorte, minha esposa pensa da mesma maneira, hoje vivemos abaixo de nossa renda justamente para chegarmos ao FIRE, algo que estimo em mais 5 anos.

    Muito legal ter um espaço aqui para esse tipo de discussão, pois, infelizmente, nossa sociedade não gosta ou não está preparada para conversas assim. Ao meu redor eu só converso sobre FIRE com 1 pessoa, todos os outros meus amigos mudam de assunto ou torcem o nariz ao se falar em independência financeira. Já estou nessa jornada solitária há 13 anos, muito antes do acrônimo FIRE estar difundido. Hoje vejo que desde sempre pratiquei as premissas FIRE, porém de pouco tempo para cá que consigo me ver enquadrado num movimento maior.

    Essa questão do comprometimento sobre os aportes mensais, junto com a cumplicidade do companheiro(a) para atingirem o objetivo, para mim, são os dois principais pilares para uma família atingir a FIRE.

    ResponderExcluir
  24. Excelente entrevista! Aliás, recomendo manter no futuro com os FIREs que conseguir para nos inspirarmos e entender melhor o estilo de vida pós IF.

    ResponderExcluir
  25. quanto menos se gasta pra viver, menor o valor total pra ser fire.

    ResponderExcluir
  26. Boa entrevista. Parabens ao I47 pela historia de vida, determinação e sucesso. Eu queria dizer ao i47 que se fosse ele colocaria mais dinheiro na bovespa sim, sem medo. E também abrir conta em corretora no exterior e começar a mandar dólar todo mês para fora. Apesar do patrimônio ser grande, está todo em reais, se tivermos uma crise cambial e o real derreter, a fortuna dele pode se evaporar facilmente, ainda mais pq boa parte está na renda fixa.

    Tem um livro: Ações comuns, lucros extraordinários, de Filipe Fischer. Recomendo.
    O cara era bom. Ele disse no livro que quanto mais conservador o investidor, mais ele tem que comprar ações, e concordo totalmente com ele, mas aqui a manada e as corretoras falam que quem aloca muito em ações é mais"agressivo", claro, gerentes, bancos e assessores ganham dinheiro qnd vc compra renda fixa, qnd vc compra ações eles não ganham nada.

    Ano passado eu cheguei a ter quase 1,5 milhão em ações e me arrependo muito de ter dissolvido minha carteira para comprar um imóvel e meu negócio, mas qnd eu estiver ok de novo vou comprar tudo de ações no BR e no mundo. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nem todos tem estomago para isso. Ver 50% do seu capital ir água a abaixo só monge para conseguir dormir tranquilo. Fácil falar isso num bull market, quero ver num crash

      Excluir
  27. Muito boa a entrevista é o conteúdo. Bem inspirador ver com com devida dedicação, consegue-se atingir o objetivo. Bacana a descrição dos meios de investimentos e dos hábitos adotados. Parabéns, Investidor47! Parabéns pela entrevista, AA40!

    ResponderExcluir
  28. Muito legal a entrevista! Gostei da estratégia de renda fixa, é uma estratégia que eu gostaria de aplicar também.
    E parabéns pela disciplina. Tenho certeza que essa frase da sua mãe te marcou na época, mas te fez acreditar que precisava lutar pela IF para não se sentir fracassado!

    E parabéns AA40 pela iniciativa! Vai ser interessante ver mais entrevistados aqui :)

    Elsa

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.