Subscribe

Olha a inflação ai de novo !!!

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA de março foi de 0,75% e ficou 0,32 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de fevereiro (0,43%). Esta foi a maior taxa para um mês de março desde março de 2015 (1,32%). A variação acumulada no ano foi de 1,51%, a maior para o período desde 2016 (2,62%). O acumulado dos últimos doze meses foi para 4,58%, contra os 3,89% nos 12 meses imediatamente anteriores. Em março de 2018, a taxa foi de 0,09%. 

PeríodoTaxa
Março de 20190,75%
Fevereiro de 20190,43%
Março de 20180,09%
Acumulado no ano1,51%
Acumulado nos 12 meses4,58%

O resultado do IPCA de março sofreu forte influência dos grupos Alimentação e bebidas (1,37%) e Transportes (1,44%). Juntos, estes dois grupos, que representam cerca de 43% das despesas das famílias, responderam por 80% do índice do mês, com impactos de 0,34 p.p. e 0,26 p.p., respectivamente. Comunicação, com -0,22%, foi o único grupo que apresentou deflação em março.

Fonte: IBGE

Comentários

Caros leitores, parece que a velha vilã não está tão morta como muitos pensam. Embora tenha algum componente de sazonalidade, os 0,43% em Fevereiro já haviam sido duros e agora esta taxa de Março de 0,75% veio salgada demais. Quando anualizada dá assombrosos 9,38%. 
Com a poupança rendendo menos de 4,5% e a Selic/CDI em meros 6,4% aa, as coisas começam a ficar feias e o Banco Central poderá pensar em ter que aumentar os juros antes do previsto ao invés de cortar. O pior dos mundos seria a inflação aumentar até os níveis da Selic ou ultrapassá-la e o BC segurar os juros por interferência política e empresarial. O Brasil não é um país que pode se dar ao luxo de ter juros reais negativo nem depois das reformas aprovadas, muito menos antes.
O que vocês acham? Quanto sua carteira rendeu em Fevereiro e Março? Foi acima ou abaixo de 0,75%? Comentem abaixo:


Isenção de responsabilidade: Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos profissionais de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. AA40 não é responsável pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro.

29 comentários:

  1. Olá AA40!
    Acho que tem muita coisa da sazonalidade aí, muita chuva no começo do ano puxa a inflação de alimentos pra cima. A parte de serviços que é a mais persistente e assustadora na minha opinião segue muito bem comportada. Acho que enquanto a economia não bombar ainda não tenho muito medo de inflação nao. Claro que com o Brasil nunca se brinca rssss mas acho que a inflação esse ano AINDA não mostra as garras.
    Abs
    Muquirana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem um pouco disso sim sem dúvidas, mas foi meio que geral se olhar as planilhas do IBGE. Mesmo no sul e norte onde não houveram chuvas em excesso os preços aumentaram tbm. Além disso transporte, habitação tbm aumentaram bastante.
      Sei não, tomara que esteja certa mas dois meses em sequencia não parece muito bom. Pior, quando foi a ultima vez que tivemos duas deflações sem sequencia?Pois é.
      Abcs

      Excluir
    2. Acho que sobe mesmo onde não choveu porque muitos produtos são arbitráveis, vc pode levar tomate de SP pro Paraná ou Santa Catarina, então acaba trazendo um aumento mais generalizado. Minha opinião, não sou especialista nisso. Me preocupa mais a gasolina subindo do que os alimentos que flutuam muito, acho que isso dá uma boa estragada no IPCA. Enquanto isso o reajuste da NTN-B só melhora! :)

      Excluir
  2. Concordo com a tese de que seja efeito preponderantemente da sazonalidade, tendo em vista que não há aquecimento da economia/demanda nem aumento de renda, não justificando um maior ritmo do aumento dos preços. De qualquer forma, esses posts servem para ressaltar a importância de termos sempre uma porcentagem de nossos investimentos atrelados a índices de inflação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente importante não esquecer de investir para se proteger da inflação. Confesso que ela me assusta até com a sazonalidade pois é a única coisa que pode estragar meus planos FIRE. Abcs

      Excluir
  3. Com o tanto que o investidor tenha ciência de que parte dos rendimentos deve ser usado para repor a inflação não vejo problemas nesses números até agora, oq não dá é ver a pessoa que investe em Tesouro IPCA comemorando a alta achando que irá ganhar mais...rs

    Sr.IF
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo porém quanto maior ela for mais vc precisa reinvestir para repor. Sua regra dos 15% pode não ser suficiente se a inflação disparar.
      É não tem essa de ganhar mais não. No final inflação é só prejuízo. Abcs

      Excluir
    2. Por gentileza, qual é a ideia nesse contexto sobre o IPCA. Eu gostaria de entender. Quando o IPCA aumenta, o TD IPCA não teria um melhor retorno? Obrigado

      Excluir
    3. Ricardo, O IPCA é a inflação, se ele for maior significa que seu dinheiro perdeu valor. Seu retorno pode ser nominalmente maior, mas quando descontar a inflação, que vc sempre precisa descontá-la do rendimento final, o que realmente importa é quando a + do IPCA vc conseguiu. Pesquisa sobre rendimento real x rendimento nominal. Abcs

      Excluir
  4. Acho que vou continuar investindo no tesouro ipca ! O governo vai ter que aumentar a selic, nao rola manter baixa na base da canetada, ja vimos que nao funciona. Ou será que ele é igual a Dilma, só muda o partido ? Melhor Jair tirando a bunda da cadeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Vaga, sei não mas o Jair tbm faz o estilo populista e eles só querem ficar de bem com o povão e para isso pode ir na canetada sim. Como os empresários tbm querem juros baixos, quem se lasca é o investidor mais conservador. Abcs

      Excluir
  5. Realmente, o bicho papão do país está iniciando a engatinhar? rsrs
    Sempre importante estar atento a ela para melhores tomadas de decisão.
    Mas pior que perder com a inflação é não poupar, não aportar e perder para o consumismo...ainda penso assim, acho que por estar iniciando agora minha mentalidade financeira rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Semeador, poupar é fundamental.

      Excluir
    2. Vdd o mais importante é aportar. De qq forma acompanhar economia do País e principalmente de olho em bons ativos financeiros faz parte da nossa educação financeira.

      Fora que independente de educação financeira todos precisam comer e se vestir, ou seja, inflação ataca os analfabetos financeiramente falando como aqueles mais letrados.

      abs e bons investimentos

      Excluir
  6. Nessas taxas TD+ipca eu pessoalmente estou fora....tenho preferido fiis de papel atrelados a igpm ou ipca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, TD está nada animador ultimamente. Tbm não estou comprando, alias, ultima vez que comprei foi antes das eleiçòes a IPCA+6, agora só tenho enviado 100% do meu dinheiro novo para fora. FIIs no Brasil são minúsculos perto dos REITs nos EUA então prefiro lá.

      Excluir
    2. Um dia tomo couragem e começo a estudar o mercado de lá tambem

      Excluir
  7. Olá! Parabéns pelo trabalho! Não entendi essa parte: "Quando anualizada dá assombrosos 9,38%. O pior dos mundos seria a inflação aumentar até os níveis da Selic ou ultrapassá-la". O valor para os últimos 12 meses não seriam 4,58??? Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo, anualizei o valor de 0.75% ao mes no futuro. Não nos últimos 12 meses.

      Excluir
  8. A gasolina em Brasília subiu muito...

    No início de Fevereiro o litro ta 3,83 reais. Agora ta 4,27 e em alguns postos ta 4,49. Ta absurdo.

    E os caminhoneiros não voltaram pra greve...não vi ninguém batendo panela.

    Se chegar nos 5 reais vai ser um pesadelo.


    E pensar que quando comecei a dirigir a gasolina tava em torno de 2 reais e alguns centavos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é anon mas a gasolina é baseada no preço internacional do petróleo né. Não tem muito o que fazer já que é commodity. Aqui nos EUA abasteçi em Janeiro por $1.98 o galão e hoje está $2.79 no mesmo posto.

      Excluir
    2. Complicado, aqui no Canada tambem tem subido bastante. Cheguei a pagar $1.19 o litro esse ano e hoje esta $1.46. O que torna o preco no Brasil superior sao os impostos. O site abaixo tem um comparativo bem interessante.

      http://www.petrobras.com.br/pt/produtos-e-servicos/composicao-de-precos-de-venda-ao-consumidor/gasolina/

      Executivo Investidor
      www.executivoinvestidor.com

      Excluir
  9. O mais importante quando falamos de inflacao é observer que a inflacao "real" é bem diferente dos indices oficiais. Os precos nos supermercados, servicos e produtos que a grande classe media consome tem subido muito mais que esses 4-5%. Pior, quando olhamos os aumentos salariais, os mesmos acompanham o indice official, dessa forma o poder de compra cada vez encolhe mais. Acaba sendo um circulo vicioso.

    Executivo Investidor
    www.executivoinvestidor.com

    ResponderExcluir
  10. AA40

    No banco Sofisa estão com CDBs Pósfixado com 108%CDI para 1 ano ou 109,5% CDI para 2 anos.
    Acha que vale a pena essa rentabilidade? como tenho alguns CDBs vencendo, quero reaplicar nessa categoria de ativos. Os aportes novos estão indo para FIIs.

    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem CDBs tb pra 5 anos com 112%CDI

      Excluir
    2. Difícil dizer pois depende da sua necessidade de liquidez e alocacao em RF. Se não precisar da grana coloque no que pagar a maior taxa e fique do olho no limite FGC tbm. CDI nunca foi um mau negócio mas resultados passados não significam resultados semelhares no futuro. Abcs

      Excluir
  11. Lembrando que cada um calcula sua própria inflação, o que pode ser maior ou menor que essas taxas do governo ibge

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, na teoria todos deveriam calcular mas poucos o fazem pela impraticabilidade de se fazer.
      Poderia compartilhar como vc faz para calcular a sua inflação?

      Excluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.