Subscribe

Portfólio

Muitos perguntam em que o AA40 está investindo. Diversificação tanto em classes de ativos quanto de estratégias é algo que deve render bons frutos. Esta página visa a mostrar as alocações e os ativos investidos ou no radar. Não mostro valores em BRL/USD, veja abaixo o por que.


No quem invisto e por que?

Brasil*:

  • Renda Variável: 15% : Exposição ao mercado de ações brasileiro com objetivo de valorização acima do CDI no longo prazo; alocação em linha com perfil de risco para quem quer aposentar cedo, porém totalmente buy n hold.
  • Renda Fixa: 70%: Segurança e rendimentos característico de uma das melhores renda fixa do mundo. Proteção do poder de compra e atenuação da volatilidade da carteira, visando aposentadoria antecipada com rendimentos próximo ao CDI.
  • Multimercado: 14%: Exposição a um mix de investimentos de RF e RV com o objetivo de superar o CDI.
  • Cash: 1%. Velho e bom dinheiro líquido em aplicação D+0 para emergências e oportunidades.
*Como o compliance da empresa onde eu trabalho não me permite ter conta em corretora no Brasil, invisto em fundos de bancos estatais apenas como já explicado.
___________________________________________________

EUA - Carteira Index Investing (80%)

80% da carteira no EUA está indexada, ou seja, segue índices e garantem uma diversificação imediata a custos imbatíveis. ETFs da Ishares na corretora Fidelity que uso não tem taxas para compra e venda.
  • ETF Total Stock Market - ITOT - 60%: Exposição ao índice total market americano que engloba mais de 3400 empresas, incluindo todas do S&P500 e DJI.
  • ETF Small Caps - IJR - 10%: Exposição a small caps que geralmente apresentam valorização muito acima da média de mercado no longo prazo.
  • ETF Mid Caps - IJH - 5%: Exposição a empresas de médio porte com potencial de crescimento bom e geralmente performa melhor que o total market.
  • ETF Total Bond Market- IUSB - 25%: Exposição a quase toda a renda fixa americana diversificando ao extremo (mais de 6300 ativos de renda fixa como Bonds, Treasures, debentures, etc). Proporciona um bom yield em dólar e com a segurança da renda fixa lastreada pelo governo e empresas americanas.


EUA - Carteira DGI (20%)


REITS e DIVIDEND GROWERS
  • APTS (Dividendos em imóveis e condomínios residenciais)
  • O (Dividendos em imóveis para shopping centers nos EUA e Porto Rico)
  • OHI (Dividendos em imóveis para setor da saúde nos EUA)
  • EPR (Dividendos em imóveis para recreação, educação e entretenimento)
  • VTR (Dividendos no setor da saúde nos EUA)
  • SKT (Dividendos no setor de outlets nos EUA)
  • IRM (Dividendos no setor de arquivamento e backups físico/digital no mundo todo)
  • T (AT&T, telecom)
*No radar: WMT, CLDT, PEP, PG, STAG, SO, XOM, MCD, JNJ, DLR, QCOM, MMM

Últimas compras:


  • Maio 2018: IRM; Reit Iron Mountain com um potencial de crescimento altíssimo o que já vem sendo observado nos seus resultados. Aproveitar a chance de comprar bons reits como este em meio ao sell-off devido ao aumento dos juros. Estas compras adicionam dividendos bem como price appreciation no médio longo prazo. Risco médio, potencial de crescimento muito alto.
  • Maio 2018: AT&T, depois de apanhar muito por questões pontuais envolvendo lobistas na casa branca além da eventual não aprovação da compra da Time Warner, seu yield pulou para 6.2%. Creio que isto é só turbulência de curto prazo. Como ela é uma blue ship que aumenta seus dividendos a 34 anos consecutivos, não poderíamos deixar passar a oportunidade. Risco baixo, potencial de crescimento moderado com boas perspectivas caso deal com a TWX seja aprovado. Mesmo não aprovado, não será de todo ruim, visto que a dívida não aumentaria.
  • Abril 2018: Compra de mais shares de EPR. Ótimo yield e crescimento esperado para uma empresa com um portfólio de ativos amplo e diversificado. Último resultado superiou as expectativas. Se continuar a apanhar devido ao aumento dos juros poderei aumentar posição dele. Risco médio/baixo e potencial alto.




Por que não divulgo valores?

  • Comparação nem sempre ajuda. Sempre é interessante e revelador ver os números do pessoal da blogosfera mas sinceramente acho que isto não ajuda na motivação de ninguém pois cada pessoa tem sua própria realidade de gastos, ganhos, rendimentos etc. Gosto de contribuir com ideias e boas práticas.
  • Talvez não queira ser anônimo para sempre. Quando atingir FIRE talvez revele a minha identidade. Melhor manter valores fechados para evitar pessoas que queiram se aproveitar e também por questões de segurança pois aqui é Brasil.

5 comentários:

  1. Muito bacana vc já ter uma diversificação no exterior. Essa é minha meta para daqui uns 3 anos. Qual a proporção entre investimentos no BR e nos EUA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que morei lá alguns anos. Hoje em dia tenho quase 50% / 50%

      Excluir
  2. Ola, AA40!

    Bela carteira, futuramente pretendo montar uma carteira nos EUA tb...atualmente minha carteira esta assim, 85% TD e 9,75% em ações e 10,25% em FIIs, mais ainda pretendo aumentar a porcentagem em RV aqui no Brasil para depois diminuir ainda mais a % em TD e começar a minha carteira nos EUA, o que voce acha minha estratégia AA40?!

    Blog Top, vou começar a te acompanhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo. É interessante sim montar uma carteira pequena nos EUA só para ter uma reserva em moeda forte e além disso aprender mais.
      Sua carteira está bem conservadora. Fique de olho em um recuo do mercado para comprar mais algumas boas ações ou PIBB11/BOVA11. Abraços e seja bem vindo!

      Excluir
  3. Sugestão:
    1 - Plotar um gráfico, para melhor visualização.

    Eu a muito tempo aporto 100% no exterior(fundos indexados), carteira 95% Dólar, 5% Franco Suíço, 5% Euro.

    Como infelizmente trabalho e vivo no Brasil, aqui só mantenho uma parca reserva de segurança em reais e os 5K que pagam meu aluguel, comida e afins. Em 5 anos estarei FIRE, agora 29 anos.

    Abraço!

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão aprovadas por ordens da minha terapeuta. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Obrigado