Subscribe

A taxa de juros manda também na renda variável

Você se enganha redondamente se acha que a taxa de juros só influencia o rendimento da renda fixa.
Estava lendo mais um livro sobre Warren Buffet quando me deparei com uma entrevista dele para a revista Fortune. Mais uma daquelas que abre a mente para algo tão simples que a maioria sabe, mas que você nunca parou para analisar os impactos:

Interest rates act on financial valuations the way gravity acts on matter: The higher the rate, the greater the downward pull. That's because the rates of return that investors need from any kind of investment are directly tied to the risk-free rate that they can earn from government securities. So if the government rate rises, the prices of all other investments must adjust downward, to a level that brings their expected rates of return into line. Conversely, if government interest rates fall, the move pushes the prices of all other investments upward. (source: W. Buffet,  Fortune)

Muito óbvio certo? Quanto mais a taxa de juros sobe, mais as ações caem já que precisam se ajustar as taxas de retorno pagas pelos investimentos sem risco (como tesouro direto e treasures nos EUA);
A taxa básica de juros é a base de comparação de todo investimento.
Se tenho um investimento cujo risco é quase nulo (CDI/Selic/Treasures/TD) com um bom retorno, para que eu obtenha um retorno maior com uma ação por exemplo, que tem risco muito maior embutido, eu preciso comprar aquela ação a um preço muito descontado, muito abaixo do valor justo e ai o preço dela precisa cair para que alguém esteja disposto a comprar e arriscar.

A lógica é simples a partir daí, se os juros sobem a bolsa cai e se os juros caem a bolsa sobe por causa dessa migração de dinheiro entre estas duas classes de ativos

Atenção: Isto está acontecendo agora !

Isto está acontecendo sim aqui e lá nos EUA. Mas em sentido inverso, o que nem sempre acontece.
No Brasil a taxa de juros (Selic) está caindo há um bom tempo e está na sua mínima histórica atualmente, em contraste, o índice IBOVESPA fez novas máximas históricas e está em clara tendência.
Nos EUA acontece o contrário. O FED começou a elevar os juros que estavam perto de zero. A bolsa e o índice S&P 500 que vinham fazendo máximas após máximas há um bom tempo estão sofrendo de intensa volatilidade e os retornos já estão negativos em 2018, veja o gráfico do SPX.

E no passado?

Alguém lembra o que aconteceu com os juros nos EUA antes da grande crise de 2008?
Veja o que o FED fez de 2004 a 2006:



O FED aumentou rapidamente os juros de 2004 a metade 2006, passando de 1% a mais de 5% em dois anos. Isto tornou os empréstimos e financiamentos muito mais caro tanto para empresas como para fundos imobiliários. Foi ai que a maioria dos mortgages de menor qualidade (hipotécas subprime) não foram pagos e culminou com a quebra do Lehman Brothers e tudo mais que vocês já sabem.
O que o FED fez? Viu o que tinha feito e correu para baixar os juros, além de implementar os QE para injetar bilhões na economia para aliviar a crise.
Vejam que os juros caíram mais de 5% em um ano de 2007 a 2008 ! Mas isso realmente propulsionou o mercado americano a uma década de bull market na sequencia. 
O gráfico abaixo ilustra muito bem. Nos períodos em que o FED aumentam os juros há recessão (cinza) na maioria deles:
Fonte: Business Insider

Que lição podemos tomar?

A taxa de juros ditam o caminho para a crise e a saída dela ! Preste muita atenção nela. 
Muito mais que qualquer ruido geopolítico, a taxa de juros de um país tem muito mais influência sobre a bolsa e o valuation das empresas do que qualquer outra coisa no longo prazo.
No Brasil, estamos em um momento em que os juros caíram muito em um curto espaço de tempo. A Bolsa tem respondido bem porém já subiu muito também (130% desde a mínima de Jan 2016) e também os efeitos podem durar cerca de dois anos após os topos ou fundos da taxa de juros. 
Baseado no passado, podemos inferir que quando o BC começar a aumentar os juros novamente, provavelmente a seguir o IBOVESPA marcará um topo de médio/longo prazo. Ainda mais que vemos a maioria dos países desenvolvidos entrando em um período de aumento de taxa de juros, o que vai atrair mais capital para eles e menos ficará no Brasil, o que pode fazer com que a queda dos juros no Brasil tenha vindo tarde demais e não vai ajudar a bolsa tanto quanto se imagina hoje - pense nisso!




18 comentários:

  1. Sobre o valor da bolsa, há uma corrente que baliza o indice bovespa com o dólar, isso devido as várias noticias, comentando sobre os recordes da bolsa, 85 mil, 86 mil pontos.

    Dizendo que na verdade esse não é o recorde, porque a moeda desvalorizou bastante desde o ultimo pico, e esse reajuste ainda não está sendo contabilizado no IBOV.

    Fazendo a equiparação de poder da moeda atual com a pontuação recorde anterior, teria que ser 130 mil pontos, e este seria o topo atual. Essa corrente usa esse argumento pra mostrar que ainda há espaço para a bolsa crescer e indica que ainda há ações baratas na bolsa. Não sei se acredito muito não, mas é uma teoria.
    Vou procurar a matéria que falou sobre isso, e envio aqui assim que achar

    att..
    Investidor e Realista
    https://investidorerealista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza IR. Diria que é 50% verdade, por que cerca de 50% dos investimentos na bovespa são estrangeiros. Porém em termos fundamentalistas apenas a taxa de juros tem muito mais importância que a moeda em sí justamente pelo explanado acima.

      Excluir
  2. Apesar disso as taxas de juro real ainda continuam nas alturas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem. É o que salva os investimentos em renda fixa. Mas mesmo assim não deve durar muito tempo. Raramente a inflação se comporta por muito tempo no Brasil.

      Excluir
    2. verdade AA40! esse 0,09 de março é uma surpresa hein. Não esperava isso não.

      Excluir
    3. Pois é, IPCA tá surpreendendo, mas o lado negativo disso é provavelmente mais cortes de juros no próximo Copom ai, reduz a taxa real novamente, mas espera-se que compense na RV como falei no texto. Abcs

      Excluir
  3. No caso o Juros reais que não reais correto? Digo isso pelo fato da inflação oficial não refletir os gastos da maioria, prefiro que a inflação suba e fique mais perto da realidade pois pelo menos estou lucrando mais nos investimentos.

    ResponderExcluir
  4. Olá AA40!

    É verdade, porém complemento que a taxa balizadora é a taxa real (descontada a inflação), uma vez que os investimentos em renda variável, de uma forma ou outra possuem suas ações ou cotas precificadas pela inflação.

    Escrevi um artigo com base nessa ideia comparando renda fixa ou renda variável, caso deseje ler: https://www.viagemlenta.com/2017/09/o-que-e-melhor-para-seus-investimentos-renda-fixa-renda-variavel.html

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo André. Talvez por que eu tenha morado lá um bom tempo e inflacao nunca foi problema lá, esqueço um pouco dela, mas sim..taxa real é ainda melhor para verificar isso.

      Excluir
  5. Esse ipca ta muito diferente da minha realidade:
    plano saude coletivo aumenta 20% ano;
    gas e gasolina aumentaram muito esse ano;
    energia eletrica está subindo o preço KWH;
    agua mq está sempre subindo acima dessa inflação;
    so para citar alguns ites que não podemos ficar sem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso recomendamos fazer seu próprio índice de inflação, baixando a planilha do IPCA e deixando apenas os itens que você consome.

      Excluir
  6. Ola AA40!

    Mas será que começou uma tendencia de alta progressiva para as taxas de juros nos EUA?

    Não vejo o porque, saberia o real motivo para a elevação dos juros pelo FED?!

    abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo, acredito que sim. Os juros lá vão subir, mas não tao rapidamente quanto no periodo retratado acima. A inflacao lá começa a ameaçar e o Trump nao faz nada além de aumentar a turbulencia do mercado a com suas medidas de corte de impostos vai aquecer uma economia já aquecida e sabemos o que isto significa - INFLACAO e o FED vai ter que segurar de alguma forma...aumentando os juros. Bom para nos investidores, imagina conseguir um titulo federal americano pagando 4 ou 5% em dolar? seria ótimo!

      Excluir
  7. Caro AA40... Seu blog é muito bom mesmo. Acho excelente os conteúdos! O Melhor da net no tema FIRE. Acompanho com frequência desde que descobri há uns 2 meses. Obrigado pelo belo trabalho! Estou criando coragem para te pedir um estudo de caso. Mas o problema é que sigo tão a risco o conceito de diversificação que acredito até tenha exagerado demais. Pensa na dificuldade disso tudo nessa época de encarar o leão do IR. No mais, parabéns!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Vitor. Palavras assim motivam este blogger desmotivado.
      Fique a vontade para enviar o seu estudo. Analisaremos com prazer.
      um abraço e volte sempre !

      Excluir
  8. Olá, parabéns pelo site!
    Também me interesso por investimentos, principalmente sobre fundos imobiliários. Por isso criei um site para falar sobre fundos imobiliários, se puder dar uma passada nele depois!

    https://palafiita.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal. Gostei do nome bem sugestivo. Vou visitar sim.
      abcs
      AA40

      Excluir
  9. Olá, Você precisa de um empréstimo rápido, longo ou curto prazo com uma taxa de juros relativamente baixa tão baixa quanto 3%? A dificuldade da economia está afetando você este ano? Sou a sra. Elizabeth, sou dona de uma empresa de empréstimos e ofereço empréstimos seguros.

    * Você procura fundos para pagar créditos e dívidas?
    * Você procura financiamento para montar seu próprio negócio?
    * Você está precisando de empréstimos privados ou comerciais para diversos fins?
    * Você procura empréstimos para realizar grandes projetos?

    Se sua resposta for sim, posso ajudá-lo.

    * Posso oferecer-lhe até € 50.000.000,00.
    * Você pode escolher entre 1 a 30 anos para pagar.
    * Você pode escolher entre o plano de pagamentos mensais e anuais.
    * Termos de Empréstimo Flexível.


    Por favor, se você estiver interessado, volte comigo através deste endereço de e-mail: (mrs.elizabethloanfirm@gmail.com)

    Você tem garantia de 100% de que receberá seu empréstimo no final desta transação de empréstimo.

    Saudações
    Sra. Elizabeth

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.