Subscribe

"Aprender esta habilidade mudou minha vida" disse Warren Buffett. Saiba qual e como aprendê-la

O oráculo de Omaha, como é conhecido Warren Buffett, disse em uma palestra para jovens empreendedores: 

If you can't communicate, it's like winking at a girl in the dark--nothing happens. You can have all the brainpower in the world, but you have to be able to transmit it. And the transmission is communication.
Se você não consegue se comunicar, é como piscar para uma garota no escuro - nada acontece. Você pode ter todo o poder cerebral do mundo, mas precisa ser capaz de transmiti-lo. E a transmissão é comunicação.

 

Fonte: Pete Souza / Public domain

Vemos isso no dia a dia da empresa

Não é preciso ir muito longe para percebermos como isto é verdade. Ontem mesmo em uma reunião virtual com toda a equipe da área na empresa onde eu trabalho estava observando como isto é verdade.
Nossa equipe é formada de pessoas muito inteligentes, com habilidades profissionais e técnicas muito altas. Mas incrivelmente, praticamente nenhuma dessas pessoas altamente capacitadas tecnicamente estão em posições de destaque na hierarquia da corporação. Quanto melhor a pessoa é tecnicamente, menos galga posições de alta gerência. Embora estes mais técnicos tenham cargos e títulos como gerentes e coordenadores, os C*Os e Chefes de área são geralmente os que menos habilidades técnicas tem, mas eles tem uma coisa em comum, sabem se comunicar.
É incrível como isto é verdade: Meu chefe direto é péssimo tecnicamente. Aquela pessoa que só dá "pitaco sem noção", sugere coisas totalmente fora da realidade; para ele tudo é muito simples de fazer, por que ele não executa nada, apenas acha que sabe e joga ideias e sugestões ao vento. Mas ele sabe "vender o peixe", sabe se comunicar e é por isso que, mesmo sendo um péssimo profissional no sentido técnico, ele conseguiu a posição de chefia concorrendo comigo mesmo, há dois anos atrás. Segundo o CFO, eu era "tão bom tecnicamente que não poderiam me perder para virar chief".  Logicamente ele numa posição de chefia ganha muito mais que este que vos fala e trabalha muito menos.
Não é só ele, mas todos o "Management committee" ou comitê gestor da área onde eu trabalho é formado por pessoas com estas mesmas características. Eram mais ou menos ou até ruins tecnicamente e então foram amealhados com promoções para cargos maiores pela sua "incompetência" no trabalho mas "excelência" no trato com a palavra e as pessoas, na divulgação e exposição de ideias, ou seja, na comunicação.
Pessoalmente, não vou negar que isto me trouxe e traz certa frustração. Acredito ser um ótimo profissional e merecia estar nestas posições também, mas me conformo pois além de tímido, não nego que odeio a parte de comunicação, do trato social e odeio ainda mais o do famoso "puxa-saquismo" ou, como dizem por aqui o "kiss-up" que é praticamente exigido para galgar estes cargos, e o pior é que, muitas vezes, isto é erroneamente visto e rotulado como "meritocracia" - mas não se engane, isto é apenas um neologismo para promover o bootlicker da chefia. 
Sou tão avesso a isto que se eu pudesse ficar o dia todo sem falar com ninguém além do computador, este seria um ótimo dia para mim. Claro que com isto acabo tendo que ser mais habilidoso na comunicação escrita (emails, mensagens, chat corporativo, etc), mas não é a mesma coisa, obviamente. 
Acho a comunicação verbal extremamente ineficiente e não estou falando de problemas com idioma, pois isto é apenas outro agravante em muitos casos, felizmente não é o meu caso. Falo de algo que seria extremamente eficiente, como a telepatia, que seria o ideal, mas como isto ainda não existe, o falar, ou mesmo se expressar por escrito, é a única forma de comunicação interpessoal existente. Apesar de chata, ineficaz, extremamente subjetiva, falar é a única ferramenta que temos.
Muitos tiram proveito disso e, como Buffett disse, quem tem ou se interessa em desenvolver esta habilidade se dá muito bem, não só na profissão como na vida pessoal também. Então fica a dica para aqueles que estão no início de carreira e queiram se dar bem nela. Aprendam a se comunicar melhor e a se vender. 

Como melhorar nisso?

Experts no assunto geralmente citam 6 maneiras de melhorar nosso poder de comunicação:

  1. Fale mais devagar: Difícil mensurar, mas experts falam que se você fala mais de 190 palavras por minuto, ainda mais se for sobre algo técnico, as outras pessoas não entenderão nada ou entenderão pela metade e não conseguirão processar tudo. Diminua o ritmo e fale mais declaradamente. Para melhorar nisso e em outros aspectos, vire um contador de histórias. Histórias e fatos usados para passar sua mensagem, constroem interesse genuíno e gera confiança das pessoas, ainda mais se elas conseguem se ver nesta história.
  2. Cuide a entonação de voz: O tom de voz que utilizamos diz se estamos interessados na conversa, se demonstramos que aquilo é importante. Usar um tom de interesse legítimo vai engajar a contraparte.
  3. Manter o olho-no-olho: Não é só em negociações, mas em qualquer conversa, ter um bom contato visual é importante porque reflete nossa sinceridade, integridade e conforto ao nos comunicarmos. Também envia a mensagem de que a troca de comunicação está indo bem. (o problema é quando não nos sentimos confortáveis em conversar, não é?)
  4. Sorria com os olhos: Sorrir com os olhos é caloroso, genuíno e comunica duas coisas: você é uma pessoa segura e os outros podem ser abertos com você. Você também se beneficiará com isso.  (novamente, o problema é se você não for uma pessoa segura, isto vai requerer muito treino)
  5. Linguagem corporal: Preste atenção à sua postura. A má postura pode prejudicá-lo, pois pode enviar a mensagem errada sobre falta de confiança ou uma personalidade fechada. Por exemplo, baixar a cabeça transmite desinteresse, balançar ou inclinar-se para trás diz que você está entediado. Em vez disso, incline-se para a frente ao ouvir alguém, o que indica um interesse ativo no que está sendo dito.
  6. Espelhe-se na outra pessoa: É comum, em uma conversa engajada, ver os dois lados imitando sutilmente na postura, nos gestos ou expressão facial um do outro. Isso porque espelhar comportamentos não-verbais cria a sensação de que você está na mesma página, o que transmite sentimentos de confiança.

Pois é isto pessoal, uma dica de uma pessoa como Buffett no alto de seus 90 anos de experiência não se pode ignorar. Talvez seja tarde demais para mim, além de acreditar mais que se nasce com este talento e mesmo com muito treino não seremos tão bons quanto um nato. Pense comigo, será que funcionaria se colocarmos o The Edge como vocalista principal do U2 e o Bono como guitarrista? Alguns dizem que é possível. Eu duvido um pouco.
O fato é que muitos de vocês que estão no início de carreira ou ainda tem energia para gastar com isto, pode valer muito a pena investir um pouco nesta área do desenvolvimento pessoal.
Isto acontece na sua empresa também? Comente abaixo e conte sua história.




Isenção de responsabilidade: Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos profissionais de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. AA40 não é responsável pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro. Não copie nosso conteúdo sem citar a fonte e pedir autorização.

20 comentários:

  1. Muito bom, se eu pudesse me comunicar por telepatia seria ótimo mesmo. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sonho de todos os nerds como eu. Quem sabe um dia inventam algo assim, creio que é possível sim com o avanço dos estudos de ondas cerebrais e tudo mais. Vamos ver. Abcs AA40

      Excluir
  2. E aí AA40,

    Me identifiquei muito com o seu relato. Sempre fui mais introspectivo tb e "ficar na minha" sempre foi o que preferi. Mas com o tempo fui percebendo que a comunicação é essencial. Mesmo sendo professor e me comunicando bem com meus alunos, fora desse ambiente, sou bem tímido e não sou muito de ficar "me vendendo" como profissional.

    São contextos diferentes do seu ambiente de trabalho. Já vi muitos professores por aí se vendendo muito bem, mas, no fundo, a teoria não correspondia à prática. Tem que estar muito atento pra não cair nessa armadilha.

    Excelente artigo,

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Ingles. Tocou num ponto importante. A timidez. Acho que isto é um dos principais impecílios de uma boa comunicação. O não se sentir a vontade para conversar com as pessoas. Eu mesmo tenho dificuldades com isto. Além é claro de ser introspectivo o que vai no mesmo sentido. O blog ajuda bastante com isto, por manter o anonimato e não ser julgado pela aparencia, cor da pele, etc. Abcs AA40

      Excluir
  3. Tem total razão AA40, oratória é algo que realmente é valorizado em todas as áreas. Também convivo com pessoas que não trabalham tão bem, mas possuem excelente oratória, capacidade de argumentação acima da média e isso realmente é uma vantagem competitiva. Resta a nós, reles mortais, tentarmos aprender um pouco destas habilidades. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yuka, sempre um prazer ver vc por aqui. Realmente, falou tudo. Como falei no texto também, acho que muitos nascem com isto o que facilita muito, já reles mortais como eu, vão penar a vida toda, e mesmo aprendendo bastante nunca seremos totalmente bons ou ficaremos confortáveis com isto. Abcs AA40

      Excluir
  4. Olá, AA40.
    Eu passo pelo mesmo problema.

    Sou funcionário público e vejo que todos os chefes tem isso em comum: a capacidade de se expressar bem e pouco conhecimento técnico.

    Os profissionais como eu, que são técnicos, até são valorizados pela chefia mas por interesse próprio em para continuarem se promovendo.

    E o mais engraçado é que a empresa incentiva esse perfil, o de ser articulador e delegar tarefas.

    O problema disso é que a conta não fecha: os que querem ser líderes deixam de fazer suas atribuições básicas para se dedicarem ao puxa-saquismo, reuniões e apresentações inúteis.

    Daí o coitado do colega de trabalho dele que não tem pretensão alguma de ser gerente, mas ainda se preocupa com o bom andamento da rotina, acaba abraçando mais atribuições e trabalhando dobrado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, falou exatamente o que eu penso. Não poderia ter dito melhor. Acaba que somos muito responsáveis para deixar as coisas pela metade ou não dar a devida atenção técnica como eles fazem e ai eles acabam tirando proveito desse nosso excesso de "responsabilidade" para se dar bem. É complicado mas acho que no final das contas sempre haverá espaço para o técnico que produz de verdade enquanto chefia de segundo escalão, com seus altos salários e pouca produtividade, podem ser os primeiros a serem cortados quando a crise chega. Abcs AA40

      Excluir
  5. Eu digo que ser gerente é uma droga! Ter que ficar de babá de funcionário que tem preguiça de trabalhar, ficar amaciando o ego para que a pessoa continue produtiva, era muito mais fácil qdo o trabalho dependia só de mim, eu ia lá, fazia e estava pronto, agora tenho que supervisionar mil coisas ao mesmo tempo e ainda ficar incentivando as pessoas a trabalharem de forma correta, ensinando e qdo a pessoa está boa, procura outro emprego, é muito desgastante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mesmo Unkown. Ocupo o cargo de manager atualmente, mas equipe que é bom nada, só tenho um subordinado. Uma empresa onde vc cobra o escanteio e cabeceia para o gol vc mesmo de tão enxuta. Pior ainda é estagiário, quando o cara está engrenado e aprendeu tudo, ele sai fora e te deixa sem ajuda e levou o conhecimento passado. Não é fácil. Abcs AA40

      Excluir
  6. Olá AA40! Miss Denarii aqui. Lendo seu post, me peguei pensando "ué, eu tenho um blog sobre FIRE e não sabia?!?", de tanto que me identifiquei. Vivo hoje uma situação muitíssimo parecida com a sua! Meu chefe direto é fraco tecnicamente, mas bastante carismático, energético e extrovertido. Já estive subordinada a chefes excelentes tecnicamente mas péssimos líderes/gestores - estou muito mais satisfeita (e com melhor saúde mental) na minha posição atual. Busco aprender com o meu chefe aquilo que me faz falta e fazê-lo me admirar e confiar em mim pela minha capacidade técnica e, por hora, temos uma parceria equilibrada (apesar de, às vezes, eu cair no sentimento da frustração/conformismo também).
    Excelente postagem, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miss Denarii. Exato, eu também não acho que eu seja perfil para um C*O, mas ao mesmo tempo é da natureza humana querer alcançar o topo de tudo né. Quando o chefe é uma pessoa carismática e que te ajuda ótimo, o problema é quando é fraco tecnicamente e se acha forte, sugere coisas absurdas e não aceita ser contrariado, fala A e quer que seja entendido como B. Como fazer?
      Abcs AA40

      Excluir
  7. Fala AA40!!

    Eu já passei por essa fase também ser bastante tímido e péssimo para se comunicar, e sempre foi algo complicado pra mim.

    Sem saber eu fiz algo parecido com o Buffet eu fiz um curso de final de semana sobre oratória e comunicação, na época foi para fazer pregações religiosas e tivemos um treinamento de técnicas como as descritas no seu post e depois disto foi baste treino. No começo é péssimo eu sei kkk mas com o tempo você vai se acostumando e vai gostando de se comunicar, hoje em dia eu gosto bastante de conversar e conhecer pessoas são experiências bem bacanas.

    Já ouvi relatos que o Warren Buffet fez curso de oratória na sua juventude com uma frase bem bacana que é mais ou menos assim "não era para falar sem medo, mas conseguir falar mesmo com os joelhos tremendo e não parar"

    A minha dica é que apenas comece!! Mesmo inseguro e com medo pois a prática vai ajudar e sempre tente se superar. Comece puxando qualquer assunto com quem nunca conversou, treine com caixas de supermercado e garçons que são teoricamente mais receptivos e assim por diante e verá que as relações são bacanas e conhecer o outro, a história que cada carrega é algo diferente e agregador.

    Att. Engenharia dos Investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelentes dicas Engenharia. Quem realmente quer vai atrás e consegue, é como FIRE. Abcs AA40

      Excluir
  8. Outra coisa gritante que se percebe é que os CEOs e alta gerencia todos altos, magros, em forma, mantém boa saúde, tempo para academia, para família, para se cuidar, enquanto os funcionários maioria estressados, gordos, cheios de problemas emocionais, almoçam na mesa mesmo e todos fodidos pelo sistema injusto. Bem isso ai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessantes observações anon. Difícil mesmo vc ver um gordo(a) baixinho(a) como CEO. Já havia percebido isto...parace que os altos sempre conseguem chegar mais longe, mais um ponto chato neste mundo corporativo.
      Abcs AA40

      Excluir
  9. Fala AA40.
    Realmente esta habilidade é essencial para o mundo corporativo.
    Como você mesmo atestou aí, muitas vezes a habilidade de comunicação sobrepõe as habilidades técnicas, especialmente para cargos de liderança.
    Eu acredito que tenho uma boa comunicação com as pessoas, e que esta característica me fez ir mais longe na minha carreira, pois comecei do zero, e muitas vezes briguei com milhares de pessoas para uma única vaga.
    Tenho certeza que minhas habilidades "técnicas", digamos assim, são boas. Mas nunca fui "o melhor". Mas, muitas vezes, consegui me destacar e sobrepujar os outros com minhas habilidades comunicativas.
    Concordo com você que um cara fechado, tímido, terá muita dificuldade em se desenvolver neste aspecto. Talvez nem consiga.
    Mas convenhamos que há posições no mercado que também são mais direcionadas para este perfil. Veja quantas mentes brilhantes no mundo dos negócios são verdadeiros fracassos na comunicação. Há espaço para todos.
    Obrigado por compartilhar esta dica do Óraculo, gosto muito de ler sobre ele e não tinha lido sobre isso ainda.
    Um grande abraço, Stark.
    www.acumuladorcompulsivo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fal Stark, quanto tempo.
      Mais um exemplo. Claro que há posições para estes com menos habilidades comunicativas, mas o salário e o nível hierárquico ficam longe daqueles que possuem as mesmas.
      Quando Buffett fala precisamos escutar, afinal, daqui uns anos não teremos mais ele.
      Abcs AA40

      Excluir
  10. Bem interessante, eu sempre fui meio recluso para comunicação, sempre na minha.
    Bom post

    Abçs

    ResponderExcluir
  11. Parabéns. Conteúdo inteligente e educativo. Continue influenciando a educação financeira. Independente de fire sim ou não. O Brasil carece de incentivos no tema e o meu desafio é conseguir levar este conhecimento a quem mais necessita. Uma enorma parcela da população que nem internet tem para acessar esse conteudo. Além do mais, a internet é formada por bolhas como bem sabemos. Entao além dos recursos "tangíveis" o interesse a essa educaçao tbm precisa ser estimulada. Este pro futuro é parte do meu plano pessoal em ajudar. E que empecemos pela nossa comunidade local. Sempre de dentro pra fora. circulo vicioso que ganha força. Abs

    ResponderExcluir

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog ou autores do AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.