Subscribe

Juros reais, você sabe o que é e quanto é no Brasil de hoje?

Aproveitando o tópico do post anterior "Inflação: Você sabe realmente o que é ?", dedicamos este post a falar mais sobre os juros reais.

Agora que você sabe o que é inflação, quais os níveis ótimos da mesma e como ela impacta seus investimentos, vamos falar sobre os juros reais.
Juros reais nada mais são do que quanto seus investimentos rendem, descontada a inflação. Simples assim.

 No Brasil de hoje (23 março de 2017), temos um CDI rendendo 12,13% e um IPCA 12 meses de 4,76%. Isto dá um juro real de
((1+12.13%)/(1+4.76%))-1 =  7,04%.

PS: Você já sabe que se você utilizar seu índice de inflação pessoal e seus rendimentos totais você obterá o seu número pessoal.

O gráfico abaixo mostra a inflação em barras azuis e a taxa de juros (Selic) no Brasil que é sempre muito próxima ao CDI.
Veja que quando a linha pontilhada está acima das colunas azuis temos juros reais positivos. Quanto maior é esta distância mais o investidor de renda fixa baseado em CDI/Selic ganha. De 2014 a 2015 e da metade de 2017 até hoje temos uma boa taxa de juros reais no mercado.



São os juros reais mais altos dos últimos tempos no país, que historicamente não superam os 4%. É um ótimo momento para a renda fixa, mas os juros tendem a cair com força em breve e estes juros reais não serão mais realidade a partir da próxima reunião do banco central (Copom). 

Até quando isto vai durar é difícil dizer, mas é certo que este cenário não é duradouro. Veja abaixo o que aconteceu de 2005 até o final de 2007. Quando a inflação recuou, os juros caíram rapidamente dada a inclinação da linha pontilhada, culminando em 2008 com juros reais negativos, muito ruins para o investidor de renda fixa atrelada a Selic/CDI, por outro lado, os títulos atrelados a inflação começaram a render mais, assim como os prefixados.




O importante é estar sempre de olho no cenário atual e principalmente no futuro. Juros e inflação são sempre antecipados pelo mercado e seguem muito o sentimento futuro da macroeconomia do país.
Então, na próxima vês que ouvir no Jornal Nacional que o Copom alterou a taxa básica de juros, preste atenção pois isto, por incrível que pareça, afeta sua vida diretamente ! 


Nenhum comentário

Mensagens ofensivas e críticas infundadas não serão toleradas. As mensagens aqui postadas podem não representar a opinião do blog ou autores do AA40. Os posts aqui mostrados não representam sob hipótese nenhuma recomendações de investimento.